Pediatras desmistificam o sono dos bebês e tranquilizam os pais

Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul ressalta a importância de um sono tranquilo para as crianças

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Pais de primeira viagem na maioria das vezes são inseguros em alguns aspectos rotineiros de como cuidar de um bebê. Porém, as dúvidas também são frequentes em pais mais experientes. Um dos momentos de maior tensão é o sono dos filhos. É normal a criança suspirar dormindo? Posso ligar o ar condicionado no quarto? Posso ter ventilador no quarto? 

De acordo com o médico do comitê de Desenvolvimento e Comportamento da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, Renato Santos Coelho, os pais ficam ansiosos observando as crianças dormirem. Entretanto, os suspiros durante o sono são normais.

- Os bebês, principalmente nos primeiros dois anos de vida, têm um ritmo de sono diferente de uma criança maior ou dos adultos. Eles normalmente têm um sono com momentos de agitação motora bem mais frequentes, com movimentação dos membros e gemidos. Como os pais observam os bebês durante o sono, acham que não é normal. Mas este comportamento é normal - destaca Renato Santos Coelho.

O médico orienta que, nos casos de agitação enquanto os bebês dormem, o ideal é não mexer neles, pegar no colo ou mudar a posição em que estão. Estas ações interromperão o sono profundo dos pequenos e farão com que eles acordem irritados. 

Sobre a utilização dos equipamentos de ar condicionado nos quartos dos bebês, o pediatra afirma que não existe problema. 

- A vida moderna facilitou muito o acesso ao ar condicionado e os de hoje são muito eficientes no controle de temperatura e silenciosos. Há um mito de que as doenças gripais e infecciosas são causadas pelo frio. O que não quer dizer que o ar gelado não nos faça mal, pois pode ressecar as vias aéreas e baixar nossas defesas. Os pais podem ficar tranquilos com o uso de ar condicionado ou ventiladores dentro do quartinho do bebê - afirma.

A recomendação do médico é manter a temperatura entre 25° e 26°. Além disto, não colocar o berço do bebê na frente do aparelho de ar condicionado, pois neste local o ar fica muito gelado. Um conselho é proteger o bebê com uma coberta leve. O ventilador também tem uso aconselhável, pois fará o ar circular e deixará o ambiente mais agradável, mas não deixar o aparelho em frente ao berço.

Para uma noite confortável e sem sustos, os pais podem auxiliar no processo de dormir dos filhos. Renato Santos Coelho lembra que hábitos e rotina facilitam o trabalho dos pais e deixam a sono dos pequenos mais tranquilo.
- Deixa o bebê no seu quarto o quanto antes para que ele possa sentir-se seguro;
- Deixar a criança adormecer sozinha na sua própria cama e estimular que ele consiga fazer isto sozinho;
- Deixar a luz do quarto apagada. Utilizar pequenos pontos luminosos de baixa potência na linha do chão para auxiliar os pais;
- Evitar encostar nas crianças quando elas estão dormindo. Os pais que querem observar, podem observar, mas sem encostar.

Gostou? Compartilhe