Prefeitos e secretários da saúde reunidos no Hospital de Clínicas

Projeto de renovação do Parque Tecnológico da instituição terá o apoio dos municípios da região na busca de recursos

Por
· 1 min de leitura
Juarez Dal Vesco: ?EURoeesforço coletivo das comunidades envolvidas?EUR?

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Prefeitos, secretários de saúde e representantes de cerca de trinta municípios da macrorregião Norte do Rio Grande do Sul se reuniram terça-feira (20) com a direção médica e administrativa do Hospital de Clínicas de Passo Fundo. Na oportunidade, os gestores municipais foram integrados ao projeto de renovação do Parque Tecnológico do Hospital de Clínicas. O vice-presidente do HC, Paulo Adil Ferenci, salientou a importância da qualificação contínua dos serviços em saúde desempenhados pelo hospital no atendimento à população de toda a macrorregião Norte do RS, Oeste de Santa Catarina e também de municípios do Sudoeste do Paraná.  “Eu gostaria de lembrar que esta instituição é centenária e, quando foi constituída em 1914, provavelmente todos os municípios presentes pertenciam ao então município de Passo Fundo. Portanto, todos os moradores desses municípios são também fundadores desta instituição. O Hospital de Clínicas, portanto, é um hospital regional”, relembrou.

 

Qualificação, ensino e pesquisa
O exponencial desenvolvimento do Hospital de Clínicas, intensificado nas últimas duas décadas a partir de investimentos na qualificação dos serviços de assistência hospitalar, ensino e pesquisa foi destacado pelo diretor técnico do HC, Dr. Juarez Dal Vesco. “Essa transformação se deve a um esforço coletivo das comunidades envolvidas aqui, do corpo médico e com a gestão que se profissionalizou e se voltou para que a gente pudesse reconstruir a instituição, que é centenária e comunitária.” Dal Vesco evidenciou, ainda, a relevância das condições técnicas para que os profissionais de saúde possam desenvolver seu trabalho de forma qualificada e atendendo às necessidades dos pacientes.

 

Projeto de desenvolvimento
O administrador do HC, Luciney Bohrer, apresentou o projeto de desenvolvimento institucional, com investimento previsto em 28 milhões de reais na aquisição de recursos tecnológicos e equipamentos para as áreas de Hemodiálise, Centro Cirúrgico e UTI Cardiológica. A busca por estes investimentos ocorrerá junto aos parlamentares gaúchos, através de Emendas Parlamentares Individuais Impositivas ao Orçamento Geral da União - OGU 2019 e com o apoio das autoridades políticas da macrorregião Norte do RS. “Nós somos uma instituição que vem respeitando o Sistema Único de Saúde, respeitando o atendimento aos cidadãos, temos vários projetos em andamento, uma Unidade de Emergência que será ampliada e parcerias de atendimento com vários municípios”, disse Luciney, ao salientar que Passo Fundo está entre os três polos nacionais na área da saúde, juntamente com Curitiba e Porto Alegre.

(Matéria completa na edição impressa: Medicina & Saúde)

Gostou? Compartilhe