Ronald Pagnoncelli de Souza lança livro de memórias

Saúde/Para Ler

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A resiliência de um portador do Mal de Parkinson, além de ser um exemplo, também virou uma ação nobre em benefício do Instituto do Câncer Infantil (ICI-RS). O médico Ronald Pagnoncelli de Souza lança seu livro de memórias “O satélite que mudou de órbita... mas continua ativo!” (selo Letra&Vida da Editora Suliani). O valor arrecadado com a venda da obra será doado ao ICI-RS.

Nascido em Passo Fundo (RS), Ronald dedicou-se por 42 anos à clínica pediátrica e à Hebiatria. Professor do Departamento de Pediatria Faculdade de Medicina da UFRGS, na qual se formou em 1962, foi eleito seu vice-diretor em 1984 e seu diretor em 1988. É membro da Sociedade Brasileira de Pediatria e do Departamento de Adolescência da Sociedade Brasileira de Pediatria, membro honorário do Instituto do Câncer Infantil (ICI-RS) e diretor-superintendente do Instituto de Pesquisas com Células Tronco (IPCT). Diagnosticado com Mal de Parkinson em 1991, também é autor de outros livros, como “Nossos filhos: a eterna preocupação”, “O adolescente do Terceiro Milênio”, “Filhos sadios, pais felizes” e “Para entender o adolescente”. Atualmente, dedica-se exclusivamente a escrever.

 

Confira trecho do livro:

“No meu caso, os sintomas do Mal de Parkinson foram relativamente precoces e a evolução muito rápida. Decidi submeter-me à cirurgia estereotáxica. Não retornei ao normal, mas melhorei muito. Tomo remédios, faço exercícios, não me deixo dominar pelo desânimo. Tive que mudar meu ritmo e minhas atividades. Faço o possível para atingir o quase normal”.

Gostou? Compartilhe