UPF inaugura Centro de Simulação Realística

Espaço possui 800 m² de estrutura global e 13 salas

Por
· 2 min de leitura
Gerson Lopes/ ON Gerson Lopes/ ON
Gerson Lopes/ ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um espaço que agrega o que há de mais moderno no mundo, permitindo aos estudantes e profissionais da área da saúde, em nível de graduação, pós-graduação e extensão, o desenvolvimento de habilidades clínicas e o aprendizado em procedimentos médicos, utilizando a simulação realística, com modelos de alta fidelidade e softwares de realidade virtual.

Esse é o Centro de Simulação Realística da Universidade de Passo Fundo (UPF) que será inaugurado oficialmente nesta quarta-feira, às 9h. A solenidade de apresentação do novo espaço será transmitida via Facebook da UPF e pelo canal da UPFTV no Youtube. 

Construído no Campus II da UPF, o Centro está localizado no quarto andar, junto à Faculdade de Medicina e ao Curso de Enfermagem. O espaço possui 800 m² de estrutura global, contando com 13 salas no total, sendo quatro consultórios, três salas espelhadas de alta fidelidade (cada uma com câmeras), uma de emergência, um posto de enfermagem, duas salas de habilidades, duas salas multiuso, recepção, guarda-volumes e almoxarifado.

O Centro conta com ambientes semelhantes aos que são utilizados em universidades referência no mundo. Para ser o mais próximo à realidade, o Centro é constituído por equipamentos, materiais, tecnologias digitais e espaços de alta fidelidade, que possibilitam uma metodologia de treinamento inovadora pela simulação de cenários clínicos e experiências da vida real.

Os ambientes são preparados para o aprendizado controlado com sistema completo de imagens e sons, salas espelhadas para observação, salas de atendimento de emergência, sala de parto e enfermarias. As salas possuem câmeras instaladas em diferentes pontos, garantindo uma variedade de ângulos nas cenas de simulação, que permitem a captação de imagens e sons, além de transmitirem em tempo real. O espaço visa atuar positivamente nos processos de ensino-aprendizagem para estudantes e profissionais das áreas de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Farmácia, Nutrição, Estética e Cosmética, Ciências Biológicas, Educação Física, Psicologia, Odontologia e Serviço Social.

O que é possível simular?

Os manequins podem representar uma infinidade de patologias e agravos de saúde, com isso os estudantes e profissionais poderão aprender como proceder em situações como parada cardiorrespiratória, infarto, AVC, choques, asfixia, hemorragias, ferimentos, fraturas, queimaduras, convulsões, entre outros. Essa simulação permite uma revolução no sistema de ensino e de aprendizagem nas áreas de saúde. 

Quem poderá utilizar a estrutura do espaço?

Além de acadêmicos dos cursos da área da saúde da UPF, o espaço possibilitará a atualização e o aperfeiçoamento de profissionais, atendendo as necessidades de prefeituras, coordenadorias de saúde, instituições de saúde e educação, por exemplo.

Dessa forma, o Centro de Simulação Realística vai oferecer uma ampla variedade de cursos para o desenvolvimento de habilidades como raciocínio clínico, trabalho em equipe, comunicação e liderança. Os treinamentos preveem aulas e discussões teóricas, práticas monitoradas de habilidade e cenários de simulação realística. Os treinamentos serão customizados, criados especialmente para cada área e nível profissional. Os estudantes e profissionais receberão um treinamento inovador a partir de soluções tecnológicas que simulam situações práticas de atendimento em robôs. 

Gostou? Compartilhe