A barreira física que salva vidas

Uso de máscaras é obrigatório para circular em Passo Fundo

Por
· 3 min de leitura
Uso não profissional: máscaras confeccionadas em casa -Foto - Willfried Wende-CCOUso não profissional: máscaras confeccionadas em casa -Foto - Willfried Wende-CCO
Uso não profissional: máscaras confeccionadas em casa -Foto - Willfried Wende-CCO

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

No enfrentamento ao novo coronavírus, a Prefeitura de Passo Fundo publicou decreto que torna obrigatório o uso de máscara facial não profissional, de proteção respiratória, descartável ou reutilizável. Deve ser utilizada por pessoas em deslocamento em todo território municipal. Ou seja, nas ruas, praças, parques, meios de transporte coletivo e individual de passageiros, repartições públicas, hospitais, supermercados, farmácias, padarias, agências bancárias, além de outros estabelecimentos comerciais. Se necessário, a máscara pode ser substituída por outro instrumento que proteja o nariz e a boca. Por que devemos usar a máscara? A Dra. Clarissa Oleksinski, médica infectologista do Hospital de Clínicas de Passo Fundo, explica que “o coronavírus (Covid-19) pode ser espalhado por gotículas suspensas no ar quando pessoas infectadas conversam, tossem ou espirram. Essas gotículas podem ter sua formação diminuída pelo uso de máscaras. Estas máscaras atuam como barreiras físicas, diminuindo a exposição e o risco de infecção para a população em geral”

Até onde a máscara protege do novo coronavírus

Máscaras faciais não hospitalares não fornecem total proteção contra infecções, mas reduzem sua incidência. Segundo a ANVISA, mesmo pequenas medidas para reduzir a transmissão têm grande impacto na atual pandemia, especialmente quando combinadas com medidas preventivas adicionais, que são absolutamente necessárias, como higienizar as mãos e adotar as medidas de higiene respiratória/etiqueta da tosse.

Como funciona a máscara

As máscaras de pano, feitas com itens domésticos, em materiais comuns e de baixo custo, podem ser usadas como uma medida voluntária adicional de saúde pública.

Tipos disponíveis e sua eficiência

As máscaras de uso profissional são as máscaras cirúrgicas ou respiradores N-95/PFF2. Esses são suprimentos essenciais que devem continuar reservados para os profissionais de saúde, conforme recomendado nas orientações atuais do Ministério da Saúde. As máscaras N95 têm eficácia de 99%, e a máscara cirúrgica em torno de 97%.  Já as máscaras de tecido, que podem ser produzidas em casa, adquiridas no comércio ou diretamente de artesãos, tem eficácia em torno de 95%.

Tempo de utilização

As máscaras de tecido podem ser lavadas e reutilizadas regularmente, entretanto, recomenda-se evitar mais que 30 (trinta) lavagens.

Locais

Não é necessário utilizar a máscaras em casa, na sacada ou no campo. Nesses locais não há exposição às gotículas/aerossol, a não ser que nestes locais haja contato com outras pessoas possivelmente portadoras de Covid-19.

Coçar o rosto

Idealmente não devemos coçar o rosto por sobre a máscara, pois isso acaba levando a manipulação da mesma que está contaminada. Se necessário coçar o rosto, fazer a retirada da máscara pelos elásticos, sem tocar a máscara em si, proceder a higienização das mãos e após isso tocar o rosto.

Improvisar máscaras

Existem vários tutoriais gratuitos disponíveis na internet ensinando como fabricar máscaras de uso não profissional utilizando tecido ou até camisetas antigas. Desta forma, todos ficam protegidos, mesmo não tendo acesso à compra de máscaras.


Como a máscara é deve ser utilizada

- Antes de colocar no rosto, assegurar-se que a máscara está em condições de uso, limpa e sem rupturas

- Fazer a adequada higienização da mão com água e sabonete ou com preparação alcoólica a 70%/ (cubra todas as superfícies de suas mãos e esfregue-as juntas até que se sintam secas)

- Tomar cuidado para não tocar na máscara. Se tocar a máscara, deve executar imediatamente a higiene das mãos

- Cobrir totalmente a boca e nariz, sem deixar espaços nas laterais

- Manter o conforto e espaço para a respiração

- Evitar uso de batom ou outra maquiagem ou base durante o uso da máscara


Como lavar e higienizar as máscaras de tecido

- A máscara deve ser lavada separadamente de outras roupas

- Lavar previamente com água corrente e sabão neutro

- Deixar de molho em uma solução de água com água sanitária (hipoclorito de sódio) ou outro desinfetante equivalente de 20 a 30 minutos

- Enxaguar bem em água corrente, para remover qualquer resíduo de desinfetante

- Evite torcer a máscara com força e deixe-a secar;

- Passar com ferro quente

- Garantir que a máscara não apresenta danos (menos ajuste, deformação, desgaste, etc.), ou você precisará substituí-la

- Guardar em um recipiente fechado


Gostou? Compartilhe