A chegada do outono favorece doenças respiratórias

O clima pode interferir na saúde ao deixar as vias respiratórias mais desidratadas do que o normal, facilitando a entrada de vírus e bactérias nocivos

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A estação do Outono e com a chegada do clima seco e frio ocorre uma incidência maior de doenças respiratórias. Neste período do ano as pessoas ficam mais suscetíveis a contaminação por viroses respiratórias. O clima pode interferir na saúde ao deixar as vias respiratórias mais desidratadas do que o normal, facilitando a entrada de vírus e bactérias nocivos. A professora da Escola de Medicina da Imed, Dra. Janaína Pilau, explica alguns cuidados que devem ser tomados para evitar o contágio por essas doenças respiratórias.

Quais são as principais doenças que se agravam no outono/inverno?
Janaína Pilau: Nos meses de outono/inverno aumenta a incidência de doenças respiratórias em geral, como as gripes, rinoviroses, sinusites, pneumonias, crises de asma e descompensação da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). 

O que pode ser feito para amenizar e consequentemente evitar essas doenças?
JP: Medidas gerais de higienização das mãos, cobrir a boca ao tossir ou espirrar e depois lavar as mãos, ventilar os ambientes, usar lenços de papel no lugar de lenços de pano, fazer a vacina da gripe.

Quais cuidados devemos tomar no ambiente de trabalho?
JP: Ventilar o ambiente de trabalho e higienizar as mãos. E as pessoas que estão com doenças infecciosas deveriam manter-se afastadas e/ou redobrar os cuidados de higiene das mãos.

 

Gostou? Compartilhe