Importância do exame PSA para a saúde do homem

A maioria, portanto, nunca realizou exames essenciais para evitar o câncer de próstata, por exemplo.

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Em pesquisa divulgada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 3.500 homens com mais de 40 anos foram entrevistados sobre quais problemas de saúde eles mais temem. O câncer foi o mais citado, com 20% do total de menções. A falta de ereção, com 16%, foi apontada como a segunda maior preocupação. Ainda que se preocupem, 51% dos homens revelaram que não vão ao cardiologista nem ao urologista. A maioria, portanto, nunca realizou exames essenciais para evitar o câncer de próstata, por exemplo.

Um destes exames é o PSA, feito a partir da coleta de sangue. Camillo Loprete, urologista do Hospital e Maternidade São Luiz Anália Franco, explica que o PSA é “uma enzima produzida pela próstata e com características de marcador tumoral prostático”. Em outras palavras, ela é utilizada para o diagnóstico, o monitoramento e o controle da evolução do câncer de próstata. O ideal é que os homens iniciem a realização da dosagem sanguínea do PSA a partir dos 40 anos. O especialista recomenda ainda que o exame deve ser realizado todos os anos, juntamente com o de toque retal. “O PSA não é específico para o diagnóstico de câncer de próstata. É utilizado para a detecção de doenças prostáticas em geral, como hiperplasia benigna, prostatites, etc”, finaliza.

 

 

Gostou? Compartilhe