Mais de 80 estudos foram desenvolvidos no HSVP em 2015

Do total, 23 pesquisas foram apresentadas em Congressos ou Jornadas, 37 são Trabalhos de Especializações Latu-sensu, 10 são Trabalhos de Conclusão de Curso, além de 13 artigos que foram publicados em periódicos e cinco publicações de livros e capítulos de livros

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Descobrir métodos mais eficazes, inovar e encontrar alternativas de tratamento com o intuito de proporcionar benefícios aos pacientes é um dos objetivos do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, que auxilia e realiza diversas pesquisas na área da saúde. O Centro de Gerenciamento em Pesquisas, formado pela Comissão de Pesquisas e Pós-Graduação (CPPG) é responsável por avaliar os projetos que serão realizados dentro do HSVP, dando suporte metodológico aos pesquisadores e incentivando na divulgação dos resultados. Em 2015, a equipe do Centro avaliou 88 projetos, sendo que todos foram desenvolvidos na instituição, propiciando a aquisição de novos conhecimentos. Do total, 23 pesquisas foram apresentadas em Congressos ou Jornadas, 37 são Trabalhos de Especializações Latu-sensu, 10 são Trabalhos de Conclusão de Curso, além de 13 artigos que foram publicados em periódicos e cinco publicações de livros e capítulos de livros.

Dentre os destaques de 2015 estão a visita do Engenheiro Eletrônico Azzam Fouad George Taktak, Professor da Universidade de Liverpool, UK e Consultor de Engenharia Clínica do Royal Liverpool University Hospital, que esteve em Passo Fundo por 15 dias, no mês de novembro. Ele foi preparado pelo grupo de pesquisadores engenheiros do Hospital São Vicente de Paulo e do Curso de Mestrado em Computação Aplicada da Universidade de Passo Fundo (UPF), para utilizar, em Liverpool, a mesma tecnologia desenvolvida pelos engenheiros do HSVP e professores da UPF. Trata-se de uma tecnologia inovadora que permite aos engenheiros que atuam em hospitais, a facilidade de acompanhar, pela internet, o desempenho eletrônico dos equipamentos médicos durante uma cirurgia. A vinda do professor Azzam foi oportunizada pelo Programa Ciências Sem Fronteiras, da CAPES, Órgão do Ministério da Educação do Brasil.

Com relação a publicações e premiações, no ano de 2015, as médicas Fabiana Piovesan e Glaucia Sarturi Tres defenderam suas teses de doutorado. Dra. Fabiana aborfou o tema “Eficácia da diacereína sobre função renal, controle metabólico e parâmetros inflamatórios agudos em pacientes com diabetes melito tipo 2, com nefropatia: ensaio clínico randomizado”, e a Dra. Glaucia teve como tema de sua tese “Efeito da diacereína nos parâmetros inflamatórios e controle metabólico em pacientes diabéticos tipo 2 em uso de anti-hiperglicemiantes: Ensaio Clínico Randomizado".

Outro destaque foi a publicação de dois livros pelo cirurgião Dr. Ronaldo Poerschke, um infantil “A Vaca e o Japiim” e o outro “Um médico na Floresta”. A obra infantil A Vaca e o Japiim foi financiada em parceria com o HSVP e tem caráter beneficente. A venda do livro é revertida para subsidiar projetos sociais de educação infantil, bem como a promoção de brinquedoteca voltada às crianças internadas na Pediatria e Oncologia Pediátrica do HSVP. Já a obra Um Médico na Floresta é fruto da atuação de Ronaldo como médico voluntário do Exército Brasileiro na Amazônia.

Gostou? Compartilhe