O que é anabolismo e catabolismo

Ana Maria Bueno é professora, nutricionista clínica, personal nutri, com especialização em Serviços de Alimentação e Hotelaria, Obesidade e Emagrecimento, Nutrição nos Ciclos da Vida e em Cirurgia Bariátrica

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Estas duas expressões mostram os estados diferentes que descrevem quando o corpo está formando ou diminuindo o tecido muscular. 

O Catabolismo se manifesta quando o seu corpo começa a ter degeneração do tecido muscular. Toda vez que nós fadigamos os músculos através de treinamentos físicos exacerbados, maior o dano causado ao tecido muscular. Não é só o exercício físico exagerado que leva à degeneração muscular, mas, também, os maus hábitos alimentares e a falta de descanso.

Já o Anabolismo é o estado em que o corpo constrói e recompõe o tecido muscular. A boa alimentação, e quando a gente descansa, nosso corpo começa a reparar o tecido muscular danificado. Assim, podemos concluir que o corpo desenvolve a massa muscular durante o repouso, ou seja, quando dormimos.

Coloco aqui algumas dicas para ficarmos com o nosso corpo, por mais tempo em estado anabólico e ganharmos mais massa muscular. Para isso é de fundamental importância a boa alimentação.

Comermos de 3 em 3 horas é recomendação muito importante.
Quando nós ficamos muito tempo sem comer, o corpo, numa autodefesa começa a utilizar o tecido muscular como fonte de energia e aí começa estabelecer-se o catabolismo que é quando o tecido muscular se degenera. Assim, a melhor política de evitar isso é comer várias vezes ao dia, começando por um café matutino rico em proteína e carboidrato. Jamais devemos deixar de fazer bem feita a primeira refeição do dia, ou seja, o café da manhã, pois, quando acordamos nosso corpo já está há muito tempo sem receber nutrientes e por via de consequência já adentrando no catabolismo. Daí a importância de se alimentar pela manhã para entrar no estado anabólico com rapidez.

Quando formos praticar exercícios físicos não devemos ultrapassar o tempo ideal de 60 minutos. Quanto mais treinamos e forçamos nossos músculos maior a degeneração (excesso). O equilíbrio e a dosagem certa do tempo de treino são vitais para ganhar a massa muscular, eis que o treino é apenas um estímulo. Estimulados os músculos para o crescimento, não é recomendado ir além, pois, o restante do seu treino pode ser um desperdício. Quando se fica muito tempo numa academia, deve-se aumentar a intensidade dos exercícios e minimizar a duração (60 minutos é o tempo ideal). Claro que o profissional deve analisar caso a caso, avaliando a idade, sexo, saúde, etc.

Concluindo, é bom lembrar que devemos dar descanso aos músculos para que eles possam se desenvolver e recompor de forma satisfatória. Dormir 8 horas diariamente e alimentar-se adequadamente são requisitos indispensáveis para chegar ao objetivo desejado.Quando nós ficamos muito tempo sem comer, o corpo, numa autodefesa começa a utilizar o tecido muscular como fonte de energia e aí começa estabelecer-se o catabolismo que é quando o tecido muscular se degenera. Assim, a melhor política de evitar isso é comer várias vezes ao dia, começando por um café matutino rico em proteína e carboidrato

 

Gostou? Compartilhe