O que é HPV?

Por
· 2 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Entrevista

Medicina & Saúde – O que é HPV?
Graziela Dall Agnol – Infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV) é uma doença infecciosa, de transmissão frequentemente sexual que acomete preferencialmente o trato genital inferior (órgãos genitais). É a doença sexualmente transmissível (DST) mais frequente no mundo. A Organização Mundial da Saúde estima cerca de 30 milhões de novos casos/ano no mundo. Estima-se que as taxas de incidência de infecção para o HPV possam alcançar cerca de 30 a 40(por cento) em pacientes abaixo dos 20 anos.

Medicina & Saúde – Existe mais de um tipo de HPV?
Graziela Dall Agnol – Atualmente são conhecidos mais de 120 tipos de HPV, sendo que cerca de 36 deles podem infectar o trato genital. Os HPV estão divididos em três grupos, de acordo com o seu potencial de oncogenicidade (câncer). Os tipos de alto risco, quando associados a outros cofatores, apresentam estreita relação com o desenvolvimento do câncer de colo uterino.

Medicina & Saúde – Como a doença se manifesta?
Graziela Dall Agnol – A doença pode apresentar-se sobre 3 formas:
Clínica: é a forma evidenciável a olho nu (verruga genital, condiloma, ‘’crista de galo’’) e representa cerca de 1( por cento);
Subclínica: diagnosticada através do exame de Papanicolau (preventivo), colposcopia e biópsia do colo uterino ou regiões genitais.
Latente: diagnóstico realizado apenas por meio de estudo do DNA viral.
O período para se manifestar é extremamente variável, indo desde duas semanas até cerca de oito meses, com média de três anos. Em alguns casos, o período de latência pode chegar a anos. Pode-se afirmar que não existe câncer de colo de útero sem infecção pelo HPV.

Medicina & Saúde – É possível se prevenir? Como?
Graziela Dall Agnol – Através do uso de camisinha, realizando exames periódicos de revisão ginecológica (Papanicolau, colposcopia), tratamento adequado das lesões. Nenhum tratamento erradica o HPV, mas espera-se que a remoção das lesões resulte em diminuição do risco de transmissão do HPV, diminuindo assim o risco de desenvolver câncer de colo uterino.

Medicina & Saúde – Qual a importância de se fazer a vacina?
Graziela Dall Agnol – Estima-se que, no Brasil, uma a cada quatro mulheres seja portadora de HPV. A Anvisa aprovou o uso no país da primeira vacina contra o HPV. A droga, chamada de Gardasil, comercializada desde 2007 foi a vacina escolhida no Brasil para a prevenção contra os quatro tipos de HPV ( 6,11,16,18 ). O público alvo serão mulheres com idade entre 9 e 26 anos. O Ministério da Saúde adotou o esquema endossado pela Organização Pan-Americana de Saúde na faixa etária de 9 a 13 anos (melhor resposta imunológica). O impacto em saúde pública da adoção da vacina contra HPV será significativo e estima-se que se torne uma das medidas mais custo-efetivas dos últimos tempos.

Colaborou
Graziela Dall Agnol, ginecologista e Obstetra que atua no Corpo Clínico do Hospital São Vicente de Paulo

 

Gostou? Compartilhe