Postura correta ao dirigir evita desgastes e lesões

Simples mudanças de hábitos no dia a dia podem solucionar o problema.

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um estudo realizado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) revelou que oito em cada 10 adultos já tiveram ou terão, ao menos uma vez na vida, dores nas costas, conhecida como lombalgia. Manter a postura correta ao volante contribui para minimizar esse problema, que é uma queixa comum de motoristas que passam longos períodos dirigindo. 

Provocada principalmente por erros cometidos em atividades rotineiras, como dirigir com os braços esticados, as dores lombares podem ser resolvidas em 90% dos casos sem procedimentos cirúrgicos convencionais.

Simples mudanças de hábitos no dia a dia podem solucionar o problema.  Por isso, vale a pena tomar alguns cuidados quanto estiver ao volante. É importante manter sempre uma boa postura. Nunca dirigir com braços e pernas esticados, por exemplo, é um bom começo. Para impedir lesões, eles devem permanecer levemente inclinados.

Já o corpo deve ficar preso ao banco. Para isso o assento precisa ser ajustado de modo a permitir o apoio da coluna e do pescoço. O encosto muito inclinado para trás faz o motorista forçar os músculos do tronco e do pescoço, lesando as articulações da coluna. O ângulo certo do banco é entre 110 a 120 graus.

Gostou? Compartilhe