TRATO URINÁRIO: inflamação da bexiga pode ser prevenida

A correria da rotina te faz esquecer de urinar ao longo dia? Então fique atento! O esvaziamento periódico da bexiga é uma defesa do corpo e reter a urina por longos períodos pode causar infecção do trato urinário (ITU).

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O sistema urinário é composto pelos rins, ureteres, a bexiga e a uretra, responsáveis pela filtragem e eliminação de substâncias nocivas ao organismo. A urina é filtrada pelos rins e segue pelos ureteres, sendo armazenada na bexiga. Para ser expelida, ela percorre o canal chamado uretra. A ITU ocorre com a invasão de bactérias, comumente a Escherichia Coli, mas outros microorganismos podem causar o quadro, que atinge o trato urinário inferior (cistite e uretrite ou vulvonaginite) e superior, os rins e a pelve renal (pielonefrites).
De acordo com o Ministério da Saúde, quando identificada alguma alteração na urina, como ardência, coloração escura e maior frequência de idas ao banheiro com pouca urina, é necessário buscar ajuda médica de forma imediata. Alguns fatores podem facilitar a presença de bactérias e, consequentemente, quadros de infecção. Nos homens, a uretra tem de 15 a 20 cm, enquanto nas mulheres varia de 4 a 5 cm de comprimento, sendo este um dos motivos para maior incidência de infecção urinária em pessoas do sexo feminino. As bactérias rapidamente alcançam a bexiga, sendo comuns os casos de repetição, em que a infecção ocorre com frequência em algumas mulheres. Para os homens, a higiene peniana inadequada, principalmente em não circuncidados, pode resultar em infecções. É preciso estar atento às práticas sexuais que exponham o canal urinário ao conteúdo fecal. Após as relações sexuais é indicado urinar e realizar a higiene do órgão genital. O consumo adequado de líquidos também é um importante fator de prevenção do quadro infeccioso.
Durante a gravidez, alterações na pelve, hormonais e imunológicas levam mulheres grávidas a terem maior predisposição à infecção do que uma mulher não grávida. Outros grupos também estão mais suscetíveis ao quadro, como pessoas com problemas na bexiga, dificuldade para urinar, baixa imunidade, disfunção ou incontinência urinária e outros fatores.
Em casos de desconfiança de infecção do trato urinário, busque um profissional de saúde, pois somente ele pode diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. Estas informações possuem apenas caráter educativo.
A cistite, uma inflamação da bexiga causada, na maioria das vezes, por uma infecção bacteriana, é uma dessas doenças. Homens, mulheres e crianças estão sujeitos à doença, que, no entanto, é prevalente no sexo feminino, já que as características anatômicas das mulheres favorecem sua incidência.
A cistite é uma infecção urinária baixa, que ocorre quando as bactérias chegam rapidamente à bexiga. Geralmente é causada por uma bactéria, Escherichia Coli, mas outros microorganismos também podem causar em uma infecção urinária. Cistite dá em homens e mulheres, mas em homens é mais comum que ocorra a prostatite, que é outro tipo de infecção. A prostatite acontece em homens de qualquer idade é uma infecção da próstata que é provocada por bactérias também. Causa dificuldade para urinar e um desconforto, assim como a cistite.
Pessoas que permanecem muito tempo trabalhando ou viajam muito podem esquecer de esvaziar a bexiga. O esvaziamento periódico é uma defesa do corpo, não é recomendado reter urina por períodos longos, isso predispõe a infecções.


Entrevista

Medicina & Saúde - Quais as causas da cistite?
Fabiana Piovesan - A cistite é a infecção urinária mais comum. As principais causas são as bactérias (Escherichia Coli, Staphylococcus, Klebsiella sp, Proteus) mas também podem ser causadas por fungos ou vírus.

Medicina & Saúde - Somente as mulheres podem ser acometidas da doença?
Fabiana Piovesan - Não. Homens também podem apresentar cistite, porém neste grupo a investigação com exames de imagem deve sempre ser realizada (ultrassom, tomografia, etc..).

Medicina & Saúde - Qual o tratamento?
Fabiana Piovesan - O tratamento visa eliminar o agente causador. Inúmeros antibióticos podem ser usados para o tratamento, de acordo com o germe isolado.

Medicina & Saúde - Como evitar?
Fabiana Piovesan - Nos homens deve-se identificar os fatores causadores, tais como obstruções urinárias, e tratá-los. Nas mulheres pre-dispostas muitas vezes o controle dos fatores predisponentes (ex. constipação), micção após a relação sexual, lavagem adequada da roupa íntima, podem minimizar o número de infecções.

Gostou? Compartilhe