Os médicos merecem nosso aplauso

Marcelo Marsillac Matias Presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers)

Por
· 3 min de leitura
Presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do SulPresidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul
Presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O Dia do Médico, celebrado anualmente em 18 de outubro, terá um significado totalmente especial neste ano. Ainda estamos em meio à pandemia da Covid-19 e os médicos - junto a seus pares na área da saúde - estão sendo essenciais para o combate dessa doença, amplificando ainda mais a sua função de defender vidas.

A pandemia causada pelo novo coronavírus, anunciada em março pela Organização Mundial de Saúde (OMS), fez com que a sociedade mudasse de rotina para se proteger; enquanto os médicos, além de alterarem a vida pessoal, intensificaram suas rotinas de trabalho para proteger a saúde de todos. Eles redobraram os cuidados para evitar contaminações de pacientes e de si próprio, mesmo sem equipamentos adequados. Passaram a cumprir extenuantes jornadas de trabalho, enfrentaram barreiras, pressões, falta de salários e instabilidades de gestões, mas não abandonaram as linhas de frente do combate e continuam fortes nessa batalha. 

A carreira de médico é uma das mais antigas da história, instituída desde os primórdios, a partir da necessidade de cuidados às pessoas para manutenção de suas vidas. É a carreira que leva maior tempo para formação, com conhecimento amplo, complexo e, ainda, requer permanente dedicação do profissional, fato que foi fortemente evidenciado nesse momento tão difícil que vivemos. Mais do que nunca, os médicos sacramentaram-se imprescindíveis para o bem da saúde física e mental, em todo o mundo. 

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), que tenho a honra de presidir, está permanentemente ao lado desses profissionais –em especial dos nossos mais de 15 mil associados – desde o início desse quadro. Foi a primeira entidade médica a lançar campanha de conscientização para prevenção contra o coronavírus no Brasil. Também foi a principal incentivadora de campanhas contra a falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e de combate à violência contra médicos, repudiando o cerceamento da autonomia médica na hora da prescrição e definição do melhor tratamento. Intensificamos o Plantão 24 horas do Simers, combatemos todas as acusações feitas contra a conduta desses especialistas e abrimos canais de denúncias para que eles nos informem sobre remunerações em atraso que possam ocorrer em todo o Estado.

Atuamos em todas as frentes, para possibilitar o que há de melhor no atendimento especializado, com profissionais da assessoria jurídica, contábil, política e outros. Estabelecemos parcerias para potencializar benefícios aos médicos, a fim de que eles possam trabalhar tranquilamente. Defendemos seus direitos – como a insalubridade e o distanciamento da linha de frente para profissionais de risco – e conquistamos a ampliação de prazo para suas declarações de Imposto de Renda. Incentivamos atividades em prol da saúde mental e mantivemos as ações de voluntariado. Assim, arrecadamos tecidos para produção de máscaras, em parcerias com entidades sociais e distribuição a entidades necessitadas. 

Apesar de todo o esforço, muitos soldados foram perdidos, contaminados por um vírus novo e letal que justamente estavam combatendo. Esses médicos merecem um reconhecimento ainda maior. Por isso, reverenciamos esses profissionais que, infelizmente, não estão entre nós. Aos que continuam atuando, salvando vidas e se expondo ao risco, num futuro próximo terão outra árdua tarefa: recuperar os atendimentos, diagnósticos e cirurgias necessárias e que não foram realizadas durante esse período. 

Pela importância vultuosa que o médico representa a todos, homenageamos esses profissionais, agradecendo-os pela oportunidade de nos possibilitar novas manhãs, novos dias e novas oportunidades de vida. Também incluímos o nome de associados na letra "S" da marca Simers, para exaltar a importância desses especialistas na história de 89 anos dessa entidade. 

Em muitos lugares pelo mundo, os médicos e profissionais de saúde foram aplaudidos pela população, pelo reconhecimento pelo atendimento prestado. Que no dia 18 de outubro - Dia do Médico, às 12h, mais do que nunca, estejamos unidos para aplaudi-los e homenageá-los pelo o que eles representam à saúde e à história de todos nós. Os médicos são merecedores desse aplauso.


Para ler todas as matérias do caderno Gestão S.A. você pode acessar /jornal-digital/2020-10-16,2809.

Gostou? Compartilhe