Passo Fundo realizará Dia D de vacinação neste sábado (07)

Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação foi prorrogada até o dia 21 de novembro

Por
· 2 min de leitura
A cobertura vacinal contra a poliomielite chegou a 52,10% até o dia 28 de outubro (Foto: Camila Domingues/ Palácio Piratini)A cobertura vacinal contra a poliomielite chegou a 52,10% até o dia 28 de outubro (Foto: Camila Domingues/ Palácio Piratini)
A cobertura vacinal contra a poliomielite chegou a 52,10% até o dia 28 de outubro (Foto: Camila Domingues/ Palácio Piratini)
Você prefere ouvir essa matéria?

Devido à baixa procura, a Secretaria Estadual de Saúde prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação até o dia 21 de novembro. Os municípios tem autonomia para definir as estratégias de divulgação e ampliação do acesso. Por isso, o Dia D em Passo Fundo acontecerá neste sábado, dia 7 de novembro, e também no dia 21 de novembro, quando também ocorrerá a mobilização estadual. Mesmo com as vacinas em dia, os pais precisam ir até uma das salas de vacinas. Ao todo, são 18 vacinas para ficar livre de doenças que podem ser evitadas.

No Rio Grande do Sul, até o dia 28 de outubro, a campanha da poliomielite teve uma cobertura vacinal de 51,85%, não atingindo a meta preconizada de 95%. Em Passo Fundo, a cobertura foi de 52,10%.

Poliomelite

A população-alvo para a vacina contra a poliomielite são as crianças de um a cinco anos incompletos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), que deverão ser vacinadas indiscriminadamente com a Vacina Oral Poliomielite (VOP) desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico de vacinação.

A meta mínima é vacinar 95% do grupo. Em Passo Fundo, estima-se vacinar mais de 9.960 crianças.

Multivacinação

Essa campanha objetiva a atualização da situação vacinal de crianças e adolescentes com até quinze anos incompletos (14 anos 11 meses e 29 dias), de acordo com as indicações do Calendário Nacional de Vacinação. Esta estratégia busca imunizar crianças e adolescentes ainda não vacinados ou com esquemas de vacinação incompletos. A vacina ACWY, que entrou neste ano para o calendário, previne meningite e outras infecções. Ela deve ser feita na faixa entre 11 e 12 anos.

Sobre a vacinação

A vacinação poderá ser realizada durante qualquer horário de funcionamento das unidades de saúde. Em Passo Fundo, todos os espaços adotam os protocolos de prevenção ao coronavírus. A população deve comparecer à unidade mais próxima portando documento de identificação, cartão SUS e caderneta de vacinação dos filhos. A caderneta possibilita que os profissionais de saúde possam avaliar a situação vacinal da criança e do adolescente para identificar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas para completar o esquema de imunização preconizado pelo Ministério da Saúde de forma a evitar a disseminação de doenças.

Locais

  • Cais Boqueirão
  • Cais Hípica
  • Cais São Cristóvão
  • Cais Vila Luíza
  • ESF Adolfo Groth
  • ESF Jaboticabal
  • ESF Adriana Lírio
  • ESF Mattos
  • ESF Nenê Graeff
  • ESF Planaltina
  • ESF Ricci
  • ESF Santa Marta/Donária
  • ESF São Cristóvão
  • ESF Zachia
  • ESF Jerônimo Coelho
  • UBS Ivo Ferreira
  • UBS Adirbal Corralo
  • UBS Vila Nova/Santa Maria
  • UBS Parque Farroupilha
  • Ambulatório de Especialidades
  • Ambulatório São José
  • Ambulatório São Luiz Gonzaga
  • Central de Vacinas
  • ESF Jardim América
  • ESF Valinhos


Horários de atendimento

  • UBS, ESF e Ambulatório: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.
  • Cais e Central de Vacinas: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.


Com informações do Departamento de Comunicação Social da Prefeitura de Passo Fundo

Gostou? Compartilhe