Rodrigo Maia testa positivo para coronavírus

Presidente da Câmara apresenta sintomas brandos da Covid-19

Por
· 1 min de leitura
Rodrigo Maia durante cerimônia de posse do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) ( Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)Rodrigo Maia durante cerimônia de posse do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) ( Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Rodrigo Maia durante cerimônia de posse do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) ( Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, testou positivo para o novo coronavírus nesta quarta-feira (16). Ele manifestou sintomas brandos da doença e está se tratando na residência oficial, onde seguirá em isolamento, respeitando as recomendações médicas, de acordo com nota da assessoria de imprensa.

Maia esteve na posse presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, na última quinta-feira (10). Fux testou positivo para o vírus na segunda-feira (14), mas diz que suspeita ter contraído o vírus em uma confraternização familiar no sábado (12).

Outros presentes na posse testaram positivo para o coronavírus. Dois ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Luís Felipe Salomão e Antônio Saldanha, tiveram o teste positivo. Além disso, a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Maria Cristina Peduzzi, foi hospitalizada na noite de ontem (15) com sintomas sugestivos de covid-19.

Durante a posse de Fux, 48 pessoas estiveram presentes no plenário do Supremo, entre autoridades, familiares do ministro e convidados. Diversos servidores trabalharam presencialmente na organização do evento, em áreas como tecnologia da informação, cerimonial e comunicação.

Com informações da Agência Brasil

Gostou? Compartilhe