Esgoto a céu aberto no Parque do Sol

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

As 100 casas de concreto no Parque do Sol foram construídas em 2010 com o cercamento dos terrenos e pavimentação das ruas. Um núcleo habitacional modelo e próximo aos principais equipamentos comunitários, tais como escola, ambulatório, CRAS, linha de ônibus e escola de ensino infantil em construção.

Lamentável tem sido o esgoto a céu aberto que corre pela rua e causa além do mal cheiro a atração de bichos e insetos. A casa de Márcia Duarte fica próximo ao esgoto e com estes dias de calor tem sido difícil suportar. “Nas horas de refeição temos que fechar a porta e janelas da casa”, diz ela.

O Secretário de Habitação, João Campos informa que esteve no local e determinou a limpeza das três unidades, para o devido acesso da Corsan que por força de contrato é responsável pelo esgotamento das fossas. Campos ainda disse que solicitou informações sobre a destinação final deste esgoto e quanto a existência de verbas e projetos para obras que resolvam definitivamente o problema.

Alexandre Branco, Presidente da Associação de Moradores declara que este problema é antigo e que fez a comunicação a própria Caixa econômica Federal. “São 100 famílias que possuem esgoto nestas três fossas e quando enche começa a correr pela rua”, desabafou Branco.

Gostou? Compartilhe