Justiça retira interdição do prédio dos museus

Por
· 1 min de leitura
Prédio foi interditado por falta de segurança na fiação elétricaPrédio foi interditado por falta de segurança na fiação elétrica
Prédio foi interditado por falta de segurança na fiação elétrica
Você prefere ouvir essa matéria?

O prédio histórico que abriga os Museus de Artes Visuais Ruth Schneider (MAVRS) e Histórico Regional (MHR) será reaberto ao público. O município conseguiu o alvará provisório de funcionamento junto aos Bombeiros de Passo Fundo. A documentação havia sido entregue na semana passada. Diante disso, e atendendo a uma solicitação da prefeitura, a Justiça retirou a interdição do prédio e determinou prazo para que sejam feitas as adequações necessárias.

O pedido de desinterdição, segundo a secretária Ana Paula Wickert, em declaração feita ao ON na semana passada, foi feito depois de diversas vistorias e o desenvolvimento do projeto de substituição da rede elétrica. “A parte elétrica do pavimento do segundo piso seguirá desligada por ser a fiação mais antiga. Também não serão ligados equipamentos que roubam muita energia, como ar-condicionado e estufas”, explicou ela.

O projeto de troca da rede elétrica está concluído e falta ser aprovado pela Universidade de Passo Fundo (UPF), devido à necessidade de iluminação museal. A UPF, através de convênio com o município, administra os museus.  As edificações dos prédios, até 2013, não possuíam Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI). Sendo assim, a Prefeitura começou a executar o plano em todos os locais. “Em 2016 encaminhamos os projetos aos Bombeiros, que apontaram correções e nos deram prazos para fazer”, disse Ana Paula. Ainda, ela ressalta que, de acordo com os apontamentos, constava o laudo elétrico do prédio dos museus.  Segundo ela, foram instalados extintores de incêndio, placas de saída de emergência e sinalização completa, além de realizar treinamento com a equipe.

Gostou? Compartilhe