Exposição fotográfica sobre animais pode ser visitada no Banhado da Vergueiro

Exposição segue até o dia 18 de abril

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Está aberta para visitação, no Parque Ambiental Banhado da Vergueiro, a exposição fotográfica Animais Primaves. A exposição acontece em comemoração ao Dia Nacional dos Animais, comemorado em 14 de março, e segue até o dia 18 de abril. A visitação pode ser feita das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h. O evento é uma realização da Convidas e conta com o apoio da Prefeitura de Passo Fundo, através da Secretaria de Meio Ambiente, e do fotógrafo Vagner Guarezi, que é voluntário da instituição.

 

O objetivo da exposição é divulgar o trabalho da associação para Conservação da Vida Silvestre – Convidas, que desenvolve um reconhecido trabalho em Passo Fundo. A entidade tem como missão a conservação de espécies silvestres em seu ambiente natural e para o abrigo e bem-estar de indivíduos da fauna silvestre sem mais condições de voltar à natureza. Para isso, a Convidas desenvolve o Programa Primaves, que tem capacidade para abrigar 200 animais.

 

A organização da atividade no Parque Banhado da Vergueiro ocorreu entre os parceiros e o Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente. Para o secretário da pasta, Rubens Astolfi, “esta atividade desenvolvida pelo Núcleo de Educação Ambiental é fundamental para informarmos a sociedade a importância de mantermos os animais livres e os prejuízos dos mesmos viverem em cativeiro”, salienta.

 

Conforme o diretor executivo da Convidas, Nestore Codenotti, a exposição é uma forma de mostrar o trabalho da entidade. “A exposição é uma iniciativa que divulga através de imagens uma ideia do papel do Primaves. O programa não deveria existir, mas é uma obrigação da sociedade proteger e salvar a vida destes animais que sofreram muito antes de chegarem aqui. A comunidade deve ter o compromisso com esta causa para garantirmos qualidade de vida destes bichinhos”, destaca.

 

Fotógrafo voluntário, o jornalista Vagner Guarezi, afirma que “nosso objetivo com esta exposição é apresentar o belíssimo trabalho desenvolvido pela Convidas. Infelizmente esses animais sofreram em algum momento algum tipo de violência e o Primaves está cuidando de cada um, porque eles não podem mais voltar ao seu habitat. A comunidade pode e deve ajudar esta instituição que tanto protege e respeita a natureza”.

 

Para comemorar o Dia Nacional dos Animais as entidades promotoras da exposição ofereceram uma visita aos alunos do terceiro ano do ensino fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Eloy Pinheiro Machado, que estiveram no Parque Ambiental na tarde de 14 de março. E depois de visitar a exposição, as crianças conheceram a sede da entidade, que fica no distrito de Bela Vista, e puderam ver de perto os animais fotografados para a exposição e que estão sob os cuidados do Primaves.

Programa Primaves
Atualmente a entidade cuida de dois grupos de animais: primatas e aves. O grupo de primatas é composto por quatro espécies: bugio-ruivo, bugio-preto, macaco-prego e sagui. O grupo de aves é composto por araras, papagaios, periquitos e tucanos. São 128 primatas e 72 aves abrigadas pelo programa.

 

O Primaves surgiu em apoio à atividade de estudo das populações de primatas encontradas no Rio Grande do Sul. A função original da associação seria a de abrigar indivíduos sem mais condições de voltar à natureza, identificados no âmbito das expedições da equipe de campo. A abertura do abrigo, entretanto, revelou a existência de uma demanda latente, cuja pressão, logo após o primeiro acolhimento, em 2004, acionou solicitações provenientes dos mais diversos lugares, agentes e circunstâncias. Foi assim que o Primaves, em resposta, adquiriu desde cedo seu atual formato: um mantenedor da fauna silvestre aberto para animais encaminhados em razão de apreensões decorrentes de crimes como caça, contrabando e maus tratos, ou de irregularidades como posse ilegal e precariedade de custódia.

Gostou? Compartilhe