OPINIÃO

Francisco Spinelli Junior

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Francisco Spinelli Junior
Meu pai partiu na semana que passou, de forma rápida e serena como ele sempre quis. Difícil para mim, meus irmãos e toda a família pois a companhia dele todos os dias nos enchia de alegria, entusiasmo e ensinamentos. O Chico sabia alegrar o ambiente, mas depois da partida de minha mãe e sua companheira de uma vida toda o mundo ficou nublado e a saudade o consumia dia-a-dia.

 

Ensinamentos
Não tinha assunto que o Chico não soubesse, lia muito e ouvia muito também. Gostava de conversar sobre assuntos da atualidade e valorizava as pessoas. Nunca ouvi de meu pai palavras de desqualificação de outras pessoas e pelo contrário sempre nos incentivou a perdoar e respeitar cada um de sua maneira.

 

Ensinamentos II
Temos vários ensinamentos, mas com certeza alguns ficam para vida toda, tais como aqueles que falavam como tratar o semelhante. “Não julgue ninguém, mas se julgar tenha o mesmo rigor que gostaria que utilizassem com você”. Trate todos conforme gosta de ser tratado e não faça nada que não goste que façam para você”.


Ensinamentos III
A vida toda usou transporte coletivo e sempre disse que aqueles que tratam de licitações dos ônibus, valor das passagens, construção de abrigos e linha de ônibus são justamente os que não usam o serviço. Bem isto e tenho visto isto acontecer na atualidade, bem aqui em Passo Fundo.

 

Ensinamentos IV
Reforma da previdência o seu Francisco Spinelli tinha opinião formada e fazia questão de dizer que aqueles que elaboraram a reforma e aqueles que vão votar a favor são aposentados antes dos cinquenta e todos com salários acima de dez salários mínimos. Neste assunto ele também falou em vários momentos que é de duvidar quando a defesa de algo é feito pelos grandes especuladores do mercado financeiro. Meu pai parafraseava uma frase do Brizola “se é bom para eles, não é bom para nós”.

 

Casamento
Neste assunto o pai era um gênio. Em uma oportunidade eu teimava em não atender um pedido da esposa a favor da sogra e por uma semana reclamava nos ouvidos do Chico. Chegou em um dia que ele disse, quem manda são as mulheres e quanto antes nós aprendemos isto mais feliz será o casamento.


Criação de filhos
Quanto a criação de filhos e críticas às crianças de outras famílias meu pai dizia sempre “Criar filhos dos outros é fácil, basta pegar a cinta ou chinelo, difícil é enxergar o defeito nos nossos”.

 

Caridade
“Quem doa o que sobra tem seu valor, mas quem divide o pouco que tem é certamente caridoso”, meu pai sempre dividiu o pouco que tinha e nunca se apegou a nada de financeiro.

 

Política
Quando assumi a Secretária de Assistência Social, meu pai disse “Meu filho a hora que você achar que a pobreza e a miséria é resultado da falta de vontade das pessoas, abandona o cargo, pois você tem obrigação de atender e ter ações que melhorem a vida das pessoas”.

 

Comunidade
No Schisler em 1989 fomos morar e a primeira casa foi construída pelo meu pai, na Rua Amadeu Durgante, n. 248. Reclamava de não ter água, luz, estradas, ônibus e escolas. Reclamava todos os dias por termos escolhido morar naquele local abandonado. Meu pai disse o que nunca mais vou esquecer “Se você acha que está ruim tem dois caminhos, um é ir embora e morar em outro local que tenha tudo que desejas e a outra opção é procurar pessoas indignadas como você e lutar pelos direitos destes serviços.” Não tínhamos dinheiro para morar em outro local, pois ali não pagávamos aluguel e desde então sou líder comunitário atuante nas comunidades.

 

Vida
A vida é uma benção e ser filho do Chico e da Cátia é um privilégio. Sou feliz de ter convivido por quase 50 anos com este casal que me amou, me ensinou e nunca faltaram nos momentos que precisei. Como sempre digo, pais são tão importantes que um dos dez mandamentos de Deus é honrar pai e mãe.

Gostou? Compartilhe