OPINIÃO

Cultura

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Nesta segunda-feira participei de um painel de cultura onde os painelistas foram Osmar Terra, Antônio Hohfeldt e Daniel Ramos. O tema da cultura foi importante, abordando o quanto isto influencia na área social e como é possível proporcionar que as comunidades vulneráveis tenham acesso à cultura, destacando as expectativas que este espaço viabiliza.


Um homem de valor
Osmar Terra é um idealista e conhece a área social como poucos e de forma apaixonada defende a inclusão de nossas crianças e adolescentes na cultura, esporte, lazer e trabalho.

 

Investimentos
O Ministro destacou que na área de cinema são extremamente necessários investimentos para avançarmos na produção de filmes e na valorização dos recursos humanos, a fim de que possamos competir a nível mundial. “México está dando um show no Brasil nesta área”, disse Terra.

 

Beatriz Araújo
Secretária de Cultura do Estado, entusiasmada com ação da CUFA em Porto Alegre e Frederico Westphalen ficou satisfeita com as ações em Passo Fundo no Valinhos nas áreas do esporte e cultura.

 

Beatriz Araújo II
Anunciou que este ano o Governo Eduardo Leite deseja descentralizar a Secretaria de cultura para o interior. Debater cultura, fechar parcerias e capacitações.

 

Conselho de Cultura
Formação artística em debate, investimentos na cultura e o pertencimento da nossa juventude para o empoderamento em suas vidas. Participei de reunião do conselho que aprova projetos culturais para todo o Estado e onde a CUFA protocola ações que envolvem entre tantas atividades, corais, bandas e dança. Produtiva reunião deste conselho onde as pessoas conhecem o que falam.

 

Teatro São Pedro
Completa 161 anos em 2019 e isto nos remete às ações de pessoas audaciosas, visionárias e principalmente comprometidas. Foi em 1858 que figuras disseram que em Porto Alegre teria naquela época um Teatro. Precisamos de sonhadores, visionários e corajosos. O mundo é melhor quando realmente amamos e defendemos o que acreditamos.

 

Eleições
Tem uns que criticam o Prefeito Luciano Azevedo por não ter candidato ou não anunciar o seu candidato. Acho normal, pertinente e cauteloso. Cedo, muito cedo para discutir nomes e, digo, prefiro debater modelo de gestão ao contrário de nomes. Qual modelo desejamos? Isto deve pautar o debate de nossas associações e entidades.

 

Uirapuru
Participei do debate na Rádio Uirapuru sobre idosos e fiz questão de destacar o que o município gasta com recursos próprios para internações via chamamento público e compulsórias. Estado não manda nada e união menos ainda, restando tudo para o Município que hoje vê crescer este investimento a passos largos.

 

Acolhimento de crianças
Hoje os dois programas de acolhimento de crianças também contam com recursos próprios, sem repasse do Estado e União. Uma opção corajosa da gestão municipal e apoio do Ministério Público e Judiciário que resultou no fechamento de duas, das quatro casas de acolhimento das crianças. Viva a família acolhedora e a lei da guarda subsidiada.


Temperamento
Eu tenho um temperamento forte e que já foi mais forte, mas continua acentuado quando defendo meus pontos de vistas e convicções. Aprendi muito na arte do diálogo e parcerias e também que somos devedores de uma dívida social enorme. Tudo que possamos fazer para tirar as crianças de ruas, das drogas, da prostituição e atos ilícitos devemos fazer, e de forma rápida, para salvarmos esta geração que está aí, em muitos casos, sem qualquer perspectiva.

 

Francisco Spinelli Júnior
Meu pai nos deixou a menos de um mês e sempre me disse que nunca devemos deixar de nos indignar com a injustiça e desigualdades. Defender e defender com convicção os ideais de fraternidade. Nem sempre agradamos, mas fazer o que isto faz parte da vida.

 

Reforma da previdência
Recomendo que aqueles que desejam defender ou criticar a reforma, devam baixar on-line o projeto e leiam com atenção rigorosa. Tenho visto os dois lados falarem do que de fato não existe no projeto. Triste realidade.

 

Jabuticabal
Comunidade com mais de trinta anos e que construiu através da luta de seus moradores e líderes o progresso. Nada foi fácil, mas os trabalhadores desta comunidade criada na década de 80 é hoje uma referência de construção comunitária que envolve jovens, adultos e adolescentes. As escolas, associações de moradores e igrejas trabalham em sintonia. Esta é a receita de valorizar a comunidade e construir políticas públicas para as pessoas trabalhadoras do nosso querido Jabuticabal.

Gostou? Compartilhe