OPINIÃO

Fatos 04.07.2019

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Votação do relatório

O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), sinalizou fazer novos ajustes ao parecer que deu ao texto da reforma da previdência. Uma delas e estabelecer regras diferenciadas para policiais. O presidente Jair Bolsonaro teria convencido o relator a mudar este item. A votação do parecer foi transferida para esta quarta-feira, depois de muitas discussões. Ainda há impasse sobre diversos pontos, como as mudanças em relação a contribuição extra que poderia ser aplicada por governadores e prefeitos para diminuir o deficit dos sistemas estaduais e municipais. Deputados querem que seja retirado do projeto qualquer menção a Estados e municípios, em função de não ter prosperado a tentativa de negociação para incluí-los na reforma previdenciária. A definição sobre estados e municípios ficará para o plenário. Por outro lado, deputados da bancada ruralista estão insatisfeitos o fim da isenção previdenciária de exportações.

Alerta de muito frio

Um alerta feita pela MetSul Meteorologia serve para todas as autoridades municipais: “não subestimem o frio do fim de semana. Com uma crescente população moradora de rua, risco de vítimas por hipotermia será alto. Não será um frio ordinário. A previsão é de mínimas muito abaixo de zero em cidades de maior altitude. Há tempo pra agir”, recomenda.  O telefone para contato com a Secretaria de Assistência Social de Passo Fundo é o (54) 9 9193-9597, disponível 24h.

Entrevista

O passo-fundense Marcos Wheisheimer, historiador e repórter do Portal Sul 21, de Porto Alegre, foi o escalado para entrevistar o ex-presidente Lula na prisão, e, Curitiba. A entrevista foi ontem e o material começou a ser publicado em partes. Todas as entrevistas que o ex-presidente tem dado na prisão são autorizadas pelo STF.

Fake News

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), instalou ontem em sessão do Congresso Nacional, uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar ataques cibernéticos que "atentam contra a democracia e o debate público". A CMPI das chamadas "fake news" também vai apurar a utilização de perfis falsos para influenciar os resultados das eleições de 2018, a prática de cyberbullying sobre os usuários "mais vulneráveis da rede de computadores, bem como sobre agentes públicos", e o aliciamento de crianças para o cometimento de crimes de ódio e suicídio.

Reforço

Santas Casas e Hospitais filantrópicos terão mais uma nova linha de crédito na Caixa Econômica Federal. Serão R$ 3,5 bilhões para melhorar os serviços oferecidos à população, por meio da rede de saúde pública. A taxa de juros será bem abaixo do mercado e o crédito vai usar recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), por meio do programa FGTS Saúde. Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o objetivo é fortalecer essas entidades. Em 968 cidades, a assistência hospitalar é realizada unicamente por essas unidades.

Gostou? Compartilhe