OPINIÃO

Fatos 24.07.2019

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Renovação só de nomes

Um levantamento feito pelo Portal Congresso em Foco mostra que o discurso de mudança na política fica mesmo é só na retórica. Quando os dados são analisados, a realidade fria dos números demonstra que nada muda, mesmo depois da renovação de 47% das vagas parlamentares na Câmara dos Deputados, na eleição do ano passado. Por meio da Lei de Acesso à Informação, o Congresso em Foco revela que a Câmara gastou em 14 anos mais de R$ 200 milhões com auxílio-mudança. Benefício que é concedido ao deputado eleito, na mudança do estado  para Brasília, sede do Congresso Nacional, ou ao deputado em fim de mandato, no trajeto contrário – do Distrito Federal para a unidade da Federação. Conforme exercício de cálculo feito pelo Portal, o valor corresponde a 4.865 carros populares ou para pagar quase dez prêmios da Mega-Sena no valor de R$ 21,9 milhões, o mesmo valor pago a um sortude de São Paulo, no sorteio de sábado, 20.

Desembolso

O mesmo levantamento aponta que entre 2018 e 2019, “foram desembolsados R$ 34,09 milhões com ajuda de custo para 540 parlamentares realizarem a mudança do estado natal para a capital ou para o caminho inverso. A soma é maior do que o número efetivo de 513 deputados, por dois motivos: os suplentes têm direito ao recurso após 30 dias no exercício do mandato e a conta leva em consideração os recém-chegados e os derrotados nas urnas”.  Desnecessário dizer que tudo o que se fizer com a intenção de melhorar o país, se não tiver foco no corte de privilégios como este e ampliando para todos os Poderes, é o mesmo que enxugar gelo.

Herdeiros

Os vereadores de Carazinho garantiram o direito de exploração nos serviços de táxi pelos herdeiros dos taxistas. O projeto do Executivo foi aprovado por unanimidade na sessão de segunda-feira. Porém, a transferência do ponto de táxi para os sucessores legítimos, somente ocorrerá com a autorização prévia do Conselho Municipal de Trânsito, após parecer do Departamento Municipal de Trânsito.

Medalha Fagundes dos Reis

O vice-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da UPF, Rogério Silva, será homenageado pela Câmara de Vereadores com a Medalha Grão Mérito Fagundes dos Reis. A sessão solene está marcada parta o dia 7 de agosto, data de comemoração do aniversário de Passo Fundo. A iniciativa é do vereador Saul Spinelli, PSB. Rogério Silva é jornalista e professor, foi diretor da Faculdade de Direito da UPF, responsável pela implantação do Balcão do Consumidor, projeto de extensão que media conflitos e atualmente vice-reitor.  A sessão está programada para às 13h30.

Vôo das Águias

Quatro empresários responsáveis por alguns dos maiores empreendimentos em Passo Fundo participarão de um painel promovido pelo Sindilojas em parceria com a CDL, no dia 6 de agosto, no Clube Comercial. Antonio Roso, investidor do Passo Fundo Shopping, Erasmo Battistella, presidente da Bsbios, Pedro Henrique Brair dono da Rede de Farmácias São João e Roberto Andreetta, da JR Materiais de Construção, contarão suas trajetórias no evento.

Investimentos

Dos investimentos feitos por estes empresários, nos últimos anos, a Bsbios anunciou, em 2018, R$ 72 milhões na ampliação da capacidade de processamento de soja e de gordura animal e, consequentemente, na capacidade de produção de biodiesel. Em 2016, a São João investiu mais de R$ 140 milhões na construção de um moderno Centro de Distribuição. No ano passado o Passo Fundo Shopping consolidou investimento superior a R$ 200 milhões no empreendimento. A JR, por sua vez, não divulgou valores, mas também investiu com recursos próprios na instalação de um moderno Centro de Distribuição.

Gostou? Compartilhe