CREJUTI Bem Viver rumo ao México

As 15 dançarinas do grupo participam do Festival Internacional de Danças Folclóricas

Por
· 1 min de leitura
Grupo realizou último ensaio antes do embarque na terça-feiraGrupo realizou último ensaio antes do embarque na terça-feira
Grupo realizou último ensaio antes do embarque na terça-feira
Você prefere ouvir essa matéria?

O ambiente festivo marcou o último ensaio do grupo de danças CREJUTI Bem Viver, antes de sua viagem para o México. As integrantes corriam de um lado para o outro, vestindo suas saias e indo para suas posições. O grupo da terceira idade está se preparando para uma viagem internacional. Irá se apresentar no Encuentro Nacional Grupos de Danza Folklórica Maestros Jubilados, na cidade do México. A viagem não é a primeira do grupo de dança folclórica, que realiza apresentações em concursos e festivais, tanto regionais quanto internacionais.


Os dançarinos já passaram pelo Uruguai e Argentina, mas uma para uma das integrantes será a primeira experiência internacional. Idora Maria Gelhen (77), nunca andou de avião e nunca saiu do país. Entrou no mundo da dança há mais de 17 anos, quando viuvou. Não queria ficar sozinha, e encontrou um grupo para fazer parte. Apesar de ter andado muito em apresentações e desfiles, nunca saiu do Brasil. "É primeira vez que estou viajando, né? Estou me sentindo um pouco temerosa. Viajar eu viajo, mas pra fora do país, eu acho que vai ser uma experiência diferente. Eu tenho a impressão de que vai ser bem gratificante", comenta. Idora conta também que será o destaque do número de samba. Além do gênero mais popular do brasil, o grupo apresentará duas danças gaúchas. As danças foram elaboradas visando representar a cultura brasileira e rio-grandense, e tudo com muito entusiasmo: O CREJUTI Bem Viver será o primeiro grupo de danças de terceira idade de Passo Fundo a representar o Brasil em um festival internacional de folclore.


A apresentação foi organizada e coreografada pelo professor, Gustavo Maias, que coordena o CREJUTI desde seu surgimento no Clube Juvenil, em 2012. De acordo com o professor, a oportunidade de se apresentar no México surgiu devido à amizades do grupo com artistas do país, que vieram para Passo Fundo algumas vezes. Gustavo conta que é o segundo convite que o CREJUTI recebe. Devido à questões de logística, o grupo não conseguiu participar na edição anterior do festival. "É uma alegria, porque eu como coordenador e coreógrafo, tenho senhoras ali com quem tenho muita amizade, um grande carinho. Algumas estão dançando comigo há mais de 10 anos". De acordo com Gustavo, é gratificante proporcionar as oportunidades para as participantes, pois além do festival folclórico, também irão passear pela cidade.

 

O grupo viaja na próxima terça-feira e permanece até 11 de outubro em México.

Gostou? Compartilhe