OPINIÃO

Autistas

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Autistas
A Escola Olga Caetano Dias é uma referência em Passo Fundo e região, com certeza fruto do trabalho de muitas pessoas e instituições que ao longo dos anos defenderam esta política pública.

Autistas II
Temos na escola um trabalho sério e dedicado com a ação firme de muitos familiares que superam as dificuldades em nome do amor sem limites para com seus filhos. Prédio alugado para uma escola que, com certeza, todas as literaturas mostram a importância de se ter um espaço definitivo para o bem dos alunos e consequentemente sucesso na prática pedagógica.

Autistas III
Tenho meu perfil crítico e participativo, faço minhas críticas, mas não me furto a cumprir minhas obrigações de legislador, líder comunitário, jornalista e cidadão. Há mais de dois anos temos um grupo de trabalho que se reúne com legislativo, executivo, AUMA e direção da Escola, assim como também com o Ministério Público. O terreno foi definido na comunidade do Luiz Secchi que conta com estrutura e inclusive áreas de lazer para a comunidade escolar e, para isto, foram organizadas a colocação de placa no local, abraço no terreno e mateada para comemorar a conquista assim como ambientalizar os alunos no local da futura e definitiva escola.

Autistas IV
Agora não sei ao certo, me passaram tal informação pois não participei da última reunião realizada junto ao Prefeito Luciano Azevedo, que o terreno tratado e definido há mais de dez anos não é possível por uma questão de legislação. Todos estes anos não foram suficientes para definir tal situação e mais, se temos legislação, podemos mudar, pois vejo projetos para mudar e adequar muitas situações pelos mais variados interesses.

Autistas V
A Escola ficou em prédio alugado por quinze anos e agora funciona em outro local também locado, mas com aluguel atrasado que chega a R$100.000,00, com responsabilidade do Estado e não da Prefeitura. O Estado não pagou aluguel e o município não tem esta responsabilidade, mas é do município a responsabilidade de nomear a Direção e fazer a gestão.

Autistas VI
Por dever de justiça devemos reconhecer que o Prefeito Luciano Azevedo foi várias vezes à Brasília para tratar de verbas para a construção da Escola, mas por entendimento técnico o Governo Federal não entende como prioridade a construção de escolas para crianças e adolescentes autistas.

Autistas VII
Claro que mesmo com esta negativa é possível se reunir e tratar deste assunto de uma forma a atender as demandas dos autistas, não descartando o investimento com recursos próprios e até investimentos com recursos do pré-sal, já que nossa cidade tem suas contas equilibradas. Tratar deste assunto é prioridade, das prioridades e com certeza os encaminhamentos serão feitos para que o prédio próprio seja conquista para toda esta comunidade escolar que merece, precisa e luta para isto.

Emendas impositivas
O Prefeito Luciano Azevedo já disse em público que é contra o sistema de emendas impositivas e isto além de respeitar a posição do Prefeito, em parte, concordo com ele. Agora o fato de descordar das emendas não isenta o Prefeito de respeitar a legislação e fazer cumprir todas as emendas do legislativo que cumpram as regras técnicas. Alegar falta de recursos não é justificativa, já que as emendas são de acordo com os recursos previstos no percentual do orçamento municipal e para isto, todos sabemos que é lei e deve ser executada. Para entender um pouco da divisão dos três poderes a leitura de Montesquieu é indispensável e sugiro a leitura da obra “Espírito das leis”.

Gostou? Compartilhe