OPINIÃO

Fatos 23.11.2019

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Convenções movimentam economia

Duas grandes empresas realizaram suas convenções nesta semana em Passo Fundo. A rede de Farmácias São João, reuniu mais de dois mil colaboradores, realizou uma feira com 90 expositores e movimentou, pelo menos, quatro mil pessoas entre quarta e quinta-feira. O grupo Grazziotin, uma empresa familiar que nasceu em Passo Fundo na década de 1950, reúne 700 líderes na sua convenção anual que começou na sexta-feira à noite e segue no fim de semana. Estes dois eventos mexem com a economia local. São hotéis, restaurantes, bares, comércio e toda a estrutura de serviços fomentada nesta época do ano. O turismo de eventos é apenas uma das expertises de Passo Fundo responsável por mover a economia local.

Positivo

Serviços e Comércio salvaram o índice de emprego em outubro. Serviços com 93 vagas criadas e Comércio com 77. Chamou atenção para o índice negativa da construção civil, 52 vagas fechadas no mês de pesquisa do Caged.

Palestra com Lasier

O Senador Lasier Martins (Podemos), vai palestrar segunda-feira, 25, em Passo Fundo, durante reunião-almoço, no Clube Comercial. O tema da palestra será “O Congresso Nacional em 2019 e o Brasil em 2020”. A promoção do evento é da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas – ADCE, Academia Passo-fundense de Medicina, Acisa, CDL, Sindilojas, Sindicato Rural e Sinduscon. Ingressos à venda com as entidades promotoras.

Redundância

A colunista se passou ao publicar que o quadro presenteado por um artesão ao presidente Jair Bolsonaro com a sigla do partido que ele pretende criar, Aliança pelo Brasil, foi feito com ‘projéteis de bala’. Na verdade, projéteis de arma de fogo. Desfeita a redundância. O fato é que o novo partido já nasce para acertar o alvo com o número 38. Em que pese justificar que não há relação com armas, é inevitável a comparação. Diria que não há nenhuma coincidência.

Estranho, mas real

Pelo menos três partidos (DEM< MDB e PTB) estariam dispostos a uma candidatura a vice na chapa que terá o candidato apoiado pelo prefeito Luciano Azevedo, mas que ninguém sabe o nome ainda. Isso significa que há o reconhecimento dos aliados sobre o capital eleitoral do prefeito. Para a oposição, o desafio de avançar no debate.

Perguntas cabulosas

* Quanto da insatisfação dos servidores públicos com o pacote do governador Eduardo Leite vai impactar nas eleições municipais do próximo ano?

* Quem será o candidato do prefeito Luciano Azevedo para 2020? Ele ou ela?

* APB – seria Aliança pelo Brasil ou Aliança pelo Bolsonaro?

 

Gostou? Compartilhe