Hospital São Vicente de Paulo inaugura Central de Doações

Instalado na Rua XV de Novembro, espaço receberá contribuições em dinheiro para a reforma no Centro Oncológico Infantojuvenil, além de doações de cabelos e brinquedos para crianças em tratamento contra o câncer

Por
· 3 min de leitura
Dinheiro arrecadado será utilizado na reforma de uma área de 463,8m², onde devem ser implantados 15 leitos de internação (Foto: Divulgação/HSVP)Dinheiro arrecadado será utilizado na reforma de uma área de 463,8m², onde devem ser implantados 15 leitos de internação (Foto: Divulgação/HSVP)
Dinheiro arrecadado será utilizado na reforma de uma área de 463,8m², onde devem ser implantados 15 leitos de internação (Foto: Divulgação/HSVP)
Você prefere ouvir essa matéria?

O Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), em parceria com o Instituto do Câncer Infantil (ICI), inaugura nesta quinta-feira (28), às 13h30min, uma sala para o atendimento de parceiros, voluntários e doadores interessados em contribuir com a reforma do Centro Oncológico Infantojuvenil da instituição. O espaço, denominado “Planeta Cura”, está instalado em uma sala na Rua XV de Novembro, 415, ao lado do hospital. A ação integra uma campanha de arrecadação de recursos, lançada em outubro do ano passado, a fim de viabilizar a criação de uma Unidade Especializada exclusiva para o tratamento e a internação de crianças e adolescentes em tratamento oncológico.

A meta da campanha é arrecadar R$ 1 milhão, com a ajuda de empresas e da comunidade em geral. O valor será utilizado na reforma de uma área de 463,8m² – destinada pelo próprio hospital –, onde devem ser implantados 15 leitos de internação, entre isolamento e enfermaria, que beneficiarão os pacientes infantojuvenis em tratamento oncológico. As salas foram pensadas como pequenos apartamentos, de forma a atender a necessidade dessas crianças, e contam com banheiro individual, poltronas, mesas, cadeiras, televisão e decoração lúdica.

A pesquisadora e coordenadora de projetos do Centro Oncológico do HSVP, Luziane Fabiane, esclarece que, além da verba arrecadada através de doações, a reforma contará também com recursos do próprio hospital. “As obras do espaço, em si, são feitas por conta do hospital. A arrecadação em parceria com o Instituto do Câncer Infantil é para garantir a manutenção do centro e adquirir a parte de tecnologia, mobília e outros itens que tornam o espaço mais confortável”, observa.

O secretário de Cidadania Assistência Social do município, Saul Spinelli, que ajudou a desenvolver a campanha enquanto ocupava o cargo de vereador, adianta que o projeto está pronto e já foi aprovado pela Vigilância Sanitária. “É uma obra que o HSVP deve iniciar ainda no primeiro semestre desse ano”, aponta. O superintendente executivo do HSVP, Ilário De David, estima que a obra seja concluída equipada em pouco mais de seis meses depois de começar a ser executada.

 

Espaço deve elevar a qualidade do tratamento

Ainda de acordo com Luziane, atualmente, as crianças e adolescentes com câncer precisam ser internadas em postos de oncologia adulta ou, então, na pediatria geral – o que não é o ideal. “É um público muito particular em função do tratamento que eles fazem, não é como a internação por outras enfermidades. Muitas dessas crianças recebem quimioterapia em doses altas e isso acaba provocando neles um certo grau de baixa imunidade. Com uma unidade de internação especializada, elas ficarão abrigadas em isolamento, com maior segurança, conforto e o suporte de profissionais especializados em oncopediatria, podendo dar um suporte cada vez melhor e que resulta no aumento da sobrevida”, esclarece.

Conforme o oncologista pediátrico responsável pelo Centro Oncológico Infantojuvenil do HSVP, Pablo Santiago, destacou durante o lançamento da campanha, todos os anos, dezenas de crianças e adolescentes são encaminhadas para tratamento na instituição em busca da cura para o câncer. O HSVP é referência para o tratamento do câncer infantojuvenil em oito coordenadorias regionais de saúde, oferecendo cobertura para 216 municípios do Rio Grande do Sul, o que totaliza mais de 2 milhões de habitantes.

Além disso, a instituição costuma atender simultaneamente cerca de 80 crianças e adolescentes em tratamento oncológico e, destes, em média, 13 necessitam de internação durante o tratamento, permanecendo uma média de 13 dias hospitalizados, conforme dados do hospital. Santiago também destaca que a parceria com o ICI para a reforma e equipamento do Posto Internação para crianças e adolescentes em tratamento oncológico, além do upgrade tecnológico das equipes de Cirurgia Pediátrica, Ortopedia Oncológica e Neurocirurgia, deve resultar no acréscimo da capacidade de atendimento do Centro Oncológico, na oferta de tratamentos mais avançados e, consequentemente, no aumento dos índices de cura.


Espaço também recebe doações de brinquedos e outros materiais

Além da contribuição em dinheiro para a campanha, no Espaço Planeta Cura podem ser deixadas, também, doações de outros materiais importantes para o dia-a-dia das crianças em tratamento. “Pretendemos receber nessa sala doação de cabelos [com a finalidade de produzir perucas], brinquedos, doces e outros materiais usados no dia-a-dia dessas crianças e em datas comemorativas. Também será um espaço para receber pessoas interessadas em realizar doações e que, antes, querem vir conhecer o hospital, a oncologia pediátrica ou pedir informações sobre, por exemplo, a destinação exata do dinheiro”, esclarece a coordenadora de projetos do Centro Oncológico.

O Espaço Planeta Cura ficará aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 12 e das 13h30min às 17h30min. A doação também pode ser feita através do contato com a Central de Doações do ICI, que tem telefonado para a comunidade e empresas da região de Passo Fundo em busca de contribuição financeira. Quem quiser fazer uma doação sem esperar pelo contato da central e sem precisar se dirigir ao espaço físico, pode ligar para o telefone (51) 99230-9593. O número também possui WhatsApp e, em casos de dúvidas, o contato pode ser feito através dele.


Gostou? Compartilhe