Buraco abre com excesso de chuva e invade terreno de casa

Fissura com aproximadamente cinco metros se formou no bairro Valinhos

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

“Não é fácil limpar barro, né?”, questionou a cuidadora de idosos, Ana Maria Oliveira, assim que atendeu o telefonema, na tarde de quarta-feira (29). Ainda com a voz ofegante pelo movimento de retirada do acúmulo provocado pela chuva atravessada que caiu sobre Passo Fundo, ela narrava o cenário que enxergava da janela de casa.

No pátio que dá, há 12 anos, acesso à residência no bairro Valinhos, um buraco com, aproximadamente, cinco metros de profundidade e sete de diâmetro se abriu quando o asfalto da rua principal cedeu com a passagem das precipitações pela cidade, naquela mesma tarde. “Cada vez que chove abre mais”, queixa-se.  De acordo com a moradora, o problema asfáltico se iniciou há dois meses, quando começou a relatar o problema para a Secretaria Municipal de Obras Públicas. “As pessoas entram na contramão porque não tem como passar”, disse.

Em 2016, a Prefeitura Municipal de Passo Fundo abriu uma licitação pública, de quase R$ 3 milhões de reais, conforme consta no Portal da Transparência, para contratação de uma empresa especializada em pavimentação, drenagem e acessibilidade às vias urbanas dos bairros Valinhos e Ricci. Até o fechamento desta edição, a reportagem do jornal O Nacional não conseguiu contato com o secretário municipal de Obras, João Antônio Bordin.

Gostou? Compartilhe