Bairro Integração pede EJA- Ensino Médio

Ofício foi entregue pelo grupo ontem à tarde

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A coordenadora da 7ª CRE em Passo Fundo Marlene Silva Silvestrin, recebeu das mãos do vice-prefeito Rene Cecconello e de representantes do Bairro Integração juntamente com o líder comunitário, Saul Spinelli um ofício assinado pelo prefeito Airton Dipp em que pede a implantação do Educação de Jovens e Adultos (EJA) - Ensino Médio no bairro Integração.

Segundo Cecconello, a comunidade do bairro esteve com o governador Tarso Genro em Passo Fundo na última Interiorização quando entregou um abaixo assinado solicitando o EJA. “Como Poder Público, estamos tomando parte nesta ação porque sabemos que esta é uma necessidade muito grande da comunidade. Fizemos questão deste ofício chegar até as mãos do governador através da 7ª CRE e estamos colocando a disposição do estado a estrutura física das nossas Escolas Municipais, que eu acredito suprirem a demanda estrutural do EJA – Ensino Médio”, acrescentou.

Spinelli lembrou que durante o governo Dipp foram investidos mais de R$28 milhões no Bairro Integração, oriundos do município, do governo do Estado e do Governo Federal, para a construção de novas escolas, reformas, construção de ginásios de esporte, compra de computadores, construção do Parque do Sol, implementação de projetos como Território da Paz, Mulheres da Paz, entre outros. “O nosso plano é projetar os próximos 15 anos do bairro e o Ensino Médio é uma das metas. Tivemos agora 120 alunos formados no EJA de Ensino Fundamental que poderiam seguir os estudos no EJA de Ensino Médio”, ressaltou.

A coordenadora Marlene Silva Silvestrin disse que é parceira do projeto e relatou que foi feito um levantamento das escolas em Passo Fundo e realmente o Bairro Integração possui uma população considerável que não tem Ensino Médio. “Os alunos se formam no Ensino Fundamental e migram para as Escolas Estaduais do centro da cidade, mas não permanecem devido a dificuldades e nós sabemos o quanto este bairro merece ter um ensino de qualidade”. complementou.

Gostou? Compartilhe