Chuva abaixo da média não prejudica lavouras

Trigo e cevada estão nas fases de floração e início de enchimento de grão e não precisam de grande volume de chuva. A preocupação dos produtores é com o controle de doenças

Por
· 2 min de leitura
Volume de chuva abaixo da média não prejudica culturas de inverno que estão na fase da floração e início de enchimento de grão, de acordo com especialistaVolume de chuva abaixo da média não prejudica culturas de inverno que estão na fase da floração e início de enchimento de grão, de acordo com especialista
Volume de chuva abaixo da média não prejudica culturas de inverno que estão na fase da floração e início de enchimento de grão, de acordo com especialista
Você prefere ouvir essa matéria?

O baixo índice de chuvas registrado em setembro não afeta as culturas de inverno em Passo Fundo. Até à tarde de ontem (27), o volume acumulado era de 64 mm, pouco mais de 30% da média histórica do mês, que é em torno de 200mm. O agrometeorologista da Embrapa Trigo, Gilberto Cunha, afirma que setembro deverá fechar com chuva abaixo da média, uma tendência que vem se verificando desde julho.

Para o trigo e a cevada a pouca chuva não é prejudicial, já que os grãos estão em fases de floração e início de enchimento de grão. “Essa é uma época em que não há necessidade de muita chuva, então essa condição climática não está atrapalhando as culturas de inverno”, explica o especialista. A cultura de verão, caso do milho que já foi plantado, também não sofre com o baixo volume de chuva no momento.
O que preocupa os produtores no momento, conforme Cunha, são as doenças de difícil controle. “A condição geral das lavouras, apesar do crescimento menor do que no ano anterior, está com um padrão bom. A preocupação, a partir de agora, é com as doenças de espiga nos cereais de inverno e chama a atenção o surgimento, em algumas lavouras, de manchas folhais”, frisa o agrometeorologista. O trigo e a cevada ainda tiveram seu desenvolvimento acelerado em razão das elevadas temperaturas na segunda metade do inverno.
Dentro da normalidade
Com o volume de chuva previsto para os próximos dias, o mês deverá fechar com 50% da média do mês, conforme Cunha. Apesar de baixo, o especialista garante que não há nenhuma anormalidade e não causa preocupação. Em 2017 já choveu 1700mm, o que representa mais de 90% do valor normal do ano.
Previsão do tempo
Com alerta de tempestade emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, essa quinta-feira (28) deverá ser marcado pelas pancadas de chuva em Passo Fundo. As temperaturas devem permanecer entre os 16°C e os 23°C. De acordo com informações do ClimaTempo, a previsão é de 5 mm de chuva e ventos de até 16km/h.
Amanhã (29), as temperaturas ficam amenas. O dia deverá amanhecer com sol e muitas nuvens passando para nublado no decorrer da manhã. Tarde com possibilidade de temporal e noite chuvosa. A mínima deverá permanecer entre os 15°C e a máxima não passar dos 19°C. Volume de chuva previsto é de 54 mm.
Durante o fim de semana a chuva deve permanecer em Passo Fundo. O dia inicia chuvoso no sábado (30). O sol pode aparecer à tarde e há previsão de pancadas de chuva até a noite. Volume de chuva estimado é de 39mm. Os termômetros devem permanecer entre os 16°C e os 21°C. Já o domingo será de sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Mínima de 15°C e máxima de 25°C.



Gostou? Compartilhe