Temperaturas voltam a ficar elevadas na cidade

Depois desta sexta-feira (07) e um fim de semana de calor, as chuvas retornam com força a partir da madrugada de segunda-feira (11)

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Depois de uma semana com temperaturas mais amenas, a tendência para os próximos dias é de que elas voltem a entrar em elevação gradativa até domingo (10), quando estão previstas pancadas de chuva no final da tarde. Ainda assim, a temperatura máxima nesse dia pode chegar aos 33ºC. Nesta sexta-feira (08) e sábado (09), as mínimas devem permanecer em torno de 19ºC e a máxima em 28ºC. As chuvas mais intensas devem retornar a partir de segunda-feira (11) com a temperatura novamente em ligeiro declínio. A partir da madruga e na terça-feira (12) a entrada de uma frente fria pode ocasionar riscos de temporal no município.

 

Durante o mês de janeiro, especialmente na última semana, o calor foi intenso. Segundo o observador meteorológico da Embrapa Trigo, Ivegdonei Sampaio, o que as pessoas mais sentiram nesse período, aumentando ainda mais a sensação de abafamento durante o dia, foram as madrugadas quentes. O mês, também marcado por duas semanas de chuva, registrou o previsto de 153 mm. Já para fevereiro, a média de chuva prevista é de 166 mm. A única pancada de chuva registrada até o momento foi na madrugada de sexta-feira (1º), com 35 mm.

 

O prognóstico segundo Sampaio, foi de que no último trimestre - novembro, dezembro e janeiro - as chuvas foram irregulares e mal distribuídas na região. No próximo trimestre, entre fevereiro, março e abril a situação não deve ser diferente e as manhãs devem continuar quentes. A diferença é que a partir de agora a média de chuva prevista para os meses devem diminuir. Em março a média é de 130 mm e em abril 100 mm de chuva. “A situação da temperatura da superfície do mar no Pacífico Equatorial caracteriza a presença do El Niño fraco para os próximos três meses”, ressalta o observador. O fenômeno é responsável por gerar o excesso de chuva, especialmente nas regiões Sul e Sudeste do país, além da intensificação das temperaturas. 

 

Temperatura média da Terra foi a 4ª mais alta
Cientistas do governo americano anunciaram que a temperatura média da Terra em 2018 foi a quarta mais elevada registrada até hoje.Em conjunto com a Nasa, a agência espacial norte-americana, a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional divulgou, na quarta-feira (06), um relatório sobre temperaturas em todo mundo no ano passado.

 

O documento mostra que a temperatura média global foi de 14,69 graus centígrados, ou 0,79 grau acima da média do século 20. Trata-se da quarta maior alta desde 1880, o primeiro ano em que esses dados foram disponibilizados.O ano mais quente já registrado foi 2016, e os cinco anos que ocupam as principais posições são aqueles que começam a partir de 2014. Os dados indicam que o aquecimento global não mostra sinais de que vai parar.

Gostou? Compartilhe