Cotrijal apresenta sobras de R$ 13,5 milhões

O faturamento cresceu 38% em relação a 2017

Por
· 1 min de leitura
Em Tio Hugo os associados marcaram presença na reuniãoEm Tio Hugo os associados marcaram presença na reunião
Em Tio Hugo os associados marcaram presença na reunião
Você prefere ouvir essa matéria?

A direção da Cotrijal está apresentando o balanço de 2018 em reuniões regionalizadas iniciadas nesta semana. O faturamento cresceu 38% em relação a 2017, chegando a R$ 2,338 bilhões. E as sobras chegaram a R$ 13,579 milhões, crescimento de 68% na comparação com o ano anterior. Os números são excepcionais, na avaliação de Gilcimar Penz, associado de Ernestina, e comprovam a seriedade da cooperativa. Ele ressalta que a parceria com a Cotrijal é o que tem permitido a propriedade, de 65 hectares, caminhar em busca de melhores resultados. “Estamos crescendo juntos”, disse o produtor, que participou da primeira rodada de reuniões, nesta terça-feira, 12/2.


Arcival Vieira de Mello, associado da Cotrijal de Bela Vista, interior de Passo Fundo, ressaltou que o resultado mostra a credibilidade da Cotrijal e o motiva a cada vez ser mais cooperativista. “Estou orgulhoso como associado e muito satisfeito com nossa diretoria e toda a equipe de trabalho”, afirmou o produtor, que planta 130 hectares. Satisfeito com o resultado inicial das reuniões, o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, destacou que a cooperativa vive um momento único, sempre buscando o bem dos produtores, trazendo cada vez mais benefícios para todos os associados, sejam eles pequenos, médios ou grandes. “Chegamos aos 61 anos como uma das mais sólidas cooperativas do Brasil e isso é fruto de um planejamento consistente construído ao longo dos anos, de forma conjunta com o associado. Seguimos otimistas, projetando um futuro ainda mais promissor para a cooperativa e o quadro social”, ressaltou o presidente. Segundo o vice-presidente, Enio Schroeder, as reuniões são um momento muito importante para aproximar associado e cooperativa. “Dão transparência e possibilitam ao quadro social estar por dentro dos números e rumos da cooperativa. Por isso, convidamos todos a participarem”, enfatizou.

 

Eleições

As reuniões com associados seguem até o dia 20 de fevereiro e além da apresentação do balanço envolvem a indicação de nomes para os cargos em vencimento.

Gostou? Compartilhe