Expectativa de 400 vagas temporárias para região

Edital com postos de trabalho para nível fundamental e médio ainda não foi publicado. Já para os cargos de ensino superior, as inscrições encerram hoje (23)

Por
· 3 min de leitura
IBGE começa a preparação para o censo de 2020IBGE começa a preparação para o censo de 2020
IBGE começa a preparação para o censo de 2020
Você prefere ouvir essa matéria?

As inscrições para o concurso que oferece vagas temporárias para trabalhar no Censo Demográfico 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) encerram hoje (23). Para o Rio Grande do Sul, são ofertadas nove vagas de Analista Censitário(nível superior) para as áreas: Análise Socioeconômica (1), Ciências Contábeis (1), Gestão e Infraestrutura (5 vagas), Jornalismo (1) e Métodos Quantitativos (1). Neste edital não há vagas específicas para a região. Todos os postos são para Porto Alegre. As provas estão previstas para o dia 1º de setembro.

Em breve, deve ser divulgado também o edital que contém as vagas para a região. Os cargos serão para recenseador, agente de coleta municipal, supervisor e coordenador regional. Todos exigem ensino médio ou fundamental (recenseador).De acordo com o coordenador da Agência do IBGE de Passo Fundo, Jorge Bilhar, a expectativa é que o edital para essas vagas saia até o fim de agosto, já que a organização para alguns cargos começa já em janeiro de 2020. Só em Passo Fundo, devem ser ofertados 200 postos de trabalho temporários. Em toda região, são estimados 400 trabalhadores.
Os 26 municípios de abrangência da agência local serão divididos em quatro polos regionais. Dois deles concentrados em Passo Fundo, um deles em Casca e o outro em Soledade. A principal preocupação é com relação às vagas dos municípios pequenos, já que no último Censo Agropecuário nem todos os postos de trabalho foram preenchidos por falta de inscritos. Depois de publicado o edital, Bilhar deve percorrer as cidades para mobilizar a sociedade civil e divulgar as informações.
Paralelo a isso, o IBGE vem fazendo o trabalho de levantamento da base cartográfica. As informações vão embasar o trabalho de coleta do Censo 2020, que está previsto para começar em agosto do próximo ano.


Saiba mais sobre o edital para Analista Censitário
- Benefícios
Os contratados, todos para o cargo de Analista Censitário, terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como a férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação que regulamenta este tipo de contratação. A remuneração mensal prevista é de R$ 4.200,00. 
O período máximo da contratação é de 12 (doze) meses. Os contratos terão vigência de 30 (trinta) dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.

- Requisitos
Entre os requisitos necessários pelos candidatos, estão: a) ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, nesse caso, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses; b) estar em dia com as obrigações eleitorais; c) estar em pleno gozo de seus direitos políticos; d) estar em dia com as obrigações militares, em caso de candidato brasileiro do sexo masculino; e) ter idade mínima de dezoito anos completos, na data de contratação; f) não ser servidor da Administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, bem como empregado ou servidor de suas subsidiárias e controladas, ainda que aposentado; g) não ter sido contratado pelo IBGE nos últimos 24 (vinte e quatro) meses para serviço temporário; h) possuir aptidão física e mental para o exercício das suas atribuições; i) não ser sócio-gerente ou administrador de sociedades privadas. Os requisitos e a documentação necessária estão estabelecidos no edital, que deve ser lido atentamente pelos candidatos. 

- Inscrições
As inscrições poderão ser feitas pela internet, no site www.institutoaocp.org.br. A orientação do IBGE é para que os candidatos leiam atentamente as determinações do edital. A taxa é de R$ 64,00 e as inscrições somente serão validadas após a confirmação do respectivo pagamento. As pessoas negras ou pardas terão direito a 20% das vagas, de acordo com a legislação em vigor.
- Provas
Serão 60 questões objetivas em três disciplinas: língua portuguesa, conhecimentos específicos e raciocínio lógico, com exceção das áreas de conhecimento de Métodos Quantitativos e Letras, que terão duas disciplinas cada (língua portuguesa e conhecimentos específicos e raciocínio lógico e conhecimentos específicos, respectivamente) conforme descrito no edital. 



Gostou? Compartilhe