Construmóveis movimentou R$ 70 milhões em vendas

Mais de 20 mil pessoas visitaram a Feira durante os 10 dias de programação

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Com R$ 120 milhões em negócios prospectados para os próximos meses e aproximadamente R$ 70 milhões em vendas durante a feira, a Construmóveis deu um recado muito claro para a região de Passo Fundo: 2020 será um ano de retomada econômica!


Esta edição contou com 14 lançamentos imobiliários entre prédios e condomínios, uma marca histórica na feira. Os condomínios ofertados atingiram metas significativas de vendas. O novo loteamento Central Park, localizado na RS 324 comercializou mais da metade dos terrenos. O Terrano Condomínio Clube um dos maiores empreendimentos condominiais de Passo Fundo com 402 terrenos atingiu a marca de quase a totalidade das reservas para futuras vendas. São apenas dois exemplos dentre os mais de 20 expositores da Construmóveis 2019.


A feira que tradicionalmente se mostrou como um evento de exposição de produtos e serviços nesse ano ofereceu uma novidade: a interação entre expositor e público. Com uma programação variada que teve palestras temáticas do setor da construção civil com temas como liderança e empreendedorismo, a Construmóveis apresentou opções de produtos sustentáveis, ecologicamente corretos, integrou as crianças ao mundo dos negócios e trouxe a inovação e o conforto para perto do público visitante.
Público
Passaram mais de 20 mil pessoas nos dez dias de feira. Um público que acompanhou a Construmóveis no Salão de Eventos do Bourbon Shopping e que ouviu suas propostas de empreendedorismo, futuro para Passo Fundo, plano diretor, cidades sustentáveis e mobilidade urbana.
A entidade realiza a feira há mais de 30 anos. Com a ideia de trazer novos tempos para dentro do evento a comissão organizadora do SINDUSCON em parceria com a Imed planejou o evento pensando em colocar a interatividade ao alcance do público.


De acordo com Fernando Lângaro coordenador da Construmóveis “o retorno da feira depois de um hiato de três anos deu um norte diferente para a feira a partir de agora. As próximas edições vão seguir essa tendência de serem voltadas mais para a comunidade. O público percebeu isso com as pitadas de inovação e renovação apresentadas na feira”, acrescentou.


Espaços
A feira teve gameficação através do jogo de mistério Escape Game, Startup Build envolvendo estudantes e profissionais de TI que encararam o desafio de criar um app para resolver um problema que atinge quase que a totalidade dos condomínios do país: o conflito entre síndico e moradores. A mostra também teve workshop de cerveja artesanal e outras oportunidades de experiências e negócios.


Para Leonardo Gehlen presidente do SINDUSCON os números refletem o sucesso da feira, “mais de R$ 70 milhões em negócios, quase o dobro em prospecção, bom público, focado, interessado em ampliar seu patrimônio ou mudar de residência, ótimas condições em financiamentos, enfim, a feira foi um sucesso e já vamos começar a pensar em 2020”.

Gostou? Compartilhe