Greve do Judiciário Tribunal de Justiça apresenta proposta aos servidores

Nova Assembleia Geral da categoria acontece hoje

Por
· 1 min de leitura
Nova proposta do Tribunal de Justiça, mediante o fim da greve, será avaliada em nova assembleia geral hojeNova proposta do Tribunal de Justiça, mediante o fim da greve, será avaliada em nova assembleia geral hoje
Nova proposta do Tribunal de Justiça, mediante o fim da greve, será avaliada em nova assembleia geral hoje
Você prefere ouvir essa matéria?

Após mais uma rodada de negociação entre as entidades representativas dos servidores do judiciário gaúcho e a Administração do Tribunal de Justiça, foi apresentada nova proposta acerca das reivindicações da categoria.

Na terça-feira (12), o encontro debateu a pauta de reivindicações da categoria, que está em greve há mais de 45 dias.
A proposta apresentada aos servidores, mediante o término da greve, avançou para a criação de grupo permanente de estudos com a participação de dois representantes de cada entidade para trabalhar a construção de um plano de valorização para todos os cargos; elaboração de projetos de lei para indexar o auxílio-condução dos Oficiais de Justiça em URCs (tabela de valores da unidade de referência de custas e para o pagamento de 100% do valor do auxílio-condução por ocasião das substituições; construção de projeto de lei para a equiparação do valor do auxílio-refeição recebido pelos servidores ao que recebem os juízes e a elaboração de plano de compensação dos dias de greve por cada direção de foro a ser enviada imediatamente à Corregedoria-Geral de Justiça com a devolução dos valores dos salários descontados nos próximos dias aos servidores grevistas.

Quanto aos percentuais referentes as Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) que tramitam no STF, a Administração se comprometeu a atuar juridicamente para evitar a retirada dos percentuais dos salários dos servidores e no plano legislativo buscar solução para manter os reajustes caso necessário.

Essa proposta será levada à apreciação dos trabalhadores na próxima assembleia geral da categoria, marcada para hoje às 10h, no Clube do Comércio, Rua dos Andradas, 1085, Centro, Porto Alegres RS. Na oportunidade os servidores estarão avaliando o movimento grevista, a proposta apresentada pelo Tribunal às entidades e a continuidade ou encerramento do movimento paredista.

Gostou? Compartilhe