Prefeitura abre convocatória para repor profissionais da saúde

70 profissionais da área pediram afastamento do cargo

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Com seis casos suspeitos de infecção por coronavírus, em Passo Fundo, cerca de 70 profissionais da área da saúde foram afastados de cargos que exigem presença física por serem considerados grupo de risco ao contágio, na última semana. No domingo (23), a Prefeitura Municipal abriu uma convocatória emergencial para repor o quadro do funcionalismo público na atenção à saúde.
A medida integra uma das frentes de atuação do Poder Público nos planos de contingência ao Covid-19. Embora a cidade não tenha, até o momento, nenhuma testagem positiva para o coronavírus divulgada no Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e demais profissionais da área estão sendo chamados, em regime de contrato e voluntariado, para atender às demandas de triagem e atendimento.
Com três faculdades de Medicina, Enfermagem e outros cursos de graduação relacionados às carreira de saúde, a expectativa é mobilizar os profissionais para reforçar o contingente de vagas abertas pela ausência dos ocupantes idosos, com doenças crônicas, imunossuprimidos e gestantes. Ao considerar o assunto “superado” pela iminência da publicação do edital com as diretrizes convocatórias, conforme mencionou na tarde de segunda-feira (23), a secretária Municipal de Saúde de Passo Fundo, Carla Gonçalves, enfatizou a necessidade de engajamento nessa fase. “Os profissionais podem atuar em diferentes ações que vão de orientação, definição de protocolos e fluxos de atendimento, passando por providências logísticas até suporte aos trabalhadores envolvidos”, explicou.
A fala foi endossada pelo prefeito, Luciano Azevedo, ao pontuar que “as pessoas e a cidade precisam de todos aqueles com formação na área de saúde neste momento”. O cadastro dos novos profissionais está sendo realizado em um formulário online, disponível na página da Prefeitura Municipal de Passo Fundo na internet.

Estado abre convocação emergencial
Assim como o Município de Passo Fundo, a Secretaria Estadual de Saúde abre, nesta terça-feira (24), as inscrições para contratação emergencial de biólogos, farmacêuticos, enfermeiros e médicos para se juntar às equipes atuantes na frente de trabalho ao enfrentamento ao Covid-19.
Em edição extraordinária, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última sexta-feira (20), dois editais de Processo Seletivo Simplificado foram abertos pelo governo estadual: o primeiro contendo quatro vagas para farmacêutico, quatro vagas para biólogo, sete vagas para enfermeiro e duas vagas para médico. O vencimento será R$ 3.473,34, para 30 horas semanais, podendo ser convocado para trabalhar a noite, sábados domingos e feriados. O local de trabalho será no Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), em Porto Alegre.
O segundo edital regula 20 vagas, podendo ser chamado até o limite de 40, para médico atuante, com exclusividade, no Complexo Regulador Estadual. O vencimento será de R$ 3.473,34, acrescido de 200% de Gratificação de Função Especial, para 30 horas semanais, podendo ser convocado para trabalhar a noite, sábados domingos e feriados. 
A seleção será realizada com base em prova de títulos.

Gostou? Compartilhe