Governo acompanha inspeção de técnicos da Fifa no Beira-Rio

Estádio recebeu mais de 40 técnicos do Comitê Organizador Local e da Fifa

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Beira-Rio, estádio sede da Copa do Mundo 2014, recebeu nesta quarta-feira (30), mais de 40 técnicos do Comitê Organizador Local (COL) e da Fifa. A comitiva, recebida pelo vice-prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, pelo chefe de Gabinete da Secretaria Estadual do Esporte e do Lazer, Fabio Berti, e pelo presidente do Internacional, Giovanni Luigi, realiza inspeção nas operações do estádio.

O chefe do escritório da Copa do Mundo da Fifa 2014, Chris Unger, ressaltou a evolução das obras do estádio. Berti destacou o trabalho integrado das áreas da cidade-sede. "O esforço conjunto do Governo do Estado, Prefeitura e Internacional tem determinado o cumprimento integral dos cronogramas de preparação para a Copa".

A vistoria, que integra o Programa de Monitoramento da Fifa, tem o objetivo de analisar o funcionamento do estádio durante o megaevento. Chris Unger afirmou que há dez meses as reformas estavam iniciando. "Agora já mostram uma evolução e pelo que podemos observar temos a certeza de que, em setembro, quando voltarmos a Porto Alegre, o estádio vai estar praticamente pronto".

Durante a visita, o presidente do Internacional, Giovanni Luigi, disse que 58% das obras estão concluídas e de acordo com o cronograma. Luigi garantiu que o novo estádio será entregue em dezembro de 2013. Essa é a segunda visita oficial realizada no Estádio, que receberá cinco jogos durante a Copa 2014. A primeira inspeção ocorreu em março de 2012. Serão realizadas ainda duas visitas de monitoramento até a Copa: uma em setembro e outra em 2014.

Visita analisa operações do estádio
Gerente-geral de integração operacional do COL, Tiago Paes afirmou que o encontro permite que os técnicos verifiquem e validem o que está sendo feito. "São cerca de 40 pessoas de 16 áreas diferentes que vem estudar a fundo as operações do estádio". O vice-prefeito Sebastião Melo destacou que a realização das obras da Copa será um legado para o Estado. "Só chegamos até aqui porque os entes federados trabalharam de forma coletiva".

A comitiva é composta por integrantes das áreas de Competições, Operações de Imprensa, Televisão, Protocolo, Mídia, Tecnologia da Informação, Credenciamento, Segurança, Marketing, Médica, Ingressos, Transporte, Alimentação, Voluntários, Logística e Hospitalidade. "O Governo do Estado colocou representantes técnicos à disposição em cada um desses temas a serem avaliados", afirmou Fabio Berti. Ainda pela manhã, os participantes foram divididos em grupos temáticos e vistoriaram o estádio. À tarde, uma reunião tratou da integração das diferentes áreas operacionais.

Gostou? Compartilhe