Governo entrega novas armas para reforçar combate à criminalidade

Procedimento contou com a participação do governador José Ivo Sartori e do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer

Por
· 1 min de leitura
Remessa com 95 armas foi apresentada ao governador pelo chefe de Polícia, Emerson WendtRemessa com 95 armas foi apresentada ao governador pelo chefe de Polícia, Emerson Wendt
Remessa com 95 armas foi apresentada ao governador pelo chefe de Polícia, Emerson Wendt
Você prefere ouvir essa matéria?

O governo do Estado entregou, na última terça-feira (21), nova remessa de armamento à Polícia Civil (PC) e à Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). A medida para reforçar o combate à criminalidade representa investimento de R$ 766,7 mil no reaparelhamento das instituições. O ato no Palácio Piratini teve a participação do governador José Ivo Sartori e do secretário da Segurança Pública (SSP), Cezar Schirmer.

O governador destacou que ações desta natureza são a prova de que o esforço conjunto representa a melhor alternativa para a segurança da população. "A segurança é nossa prioridade, mas não existirá efetividade se não atuarmos integrados. Nesse contexto, a participação da bancada gaúcha no Congresso Nacional e do Poder Judiciário foi, mais uma vez, fundamental", lembrou.

Ao todo, 1.117 armas foram repassadas às instituições vinculadas à SSP desde o início do atual governo. Isso representa investimento de R$ 4 milhões, entre recursos do Estado, investimentos federais, emendas da bancada gaúcha e convênios com o Poder Judiciário. "O esforço de todas as esferas da sociedade para reequipar nossas corporações é parte significativa da política que estamos adotando, que já apresenta resultados. A compreensão de todos os entes de que é necessário fazer parte da construção de uma nova realidade é um diferencial da atual gestão", salientou Schirmer.

Armamento

A Polícia Civil recebeu 79 carabinas, calibre 5.56. Destas, 41 foram adquiridas com recursos estaduais (R$ 319,8 mil), 36 com recursos federais (R$ 307,8 mil) e duas em convênio com o Judiciário, por meio das comarcas de Bagé e Encantado (R$ 17,1 mil). As carabinas serão destinadas ao Departamento de Investigações do Narcotráfico (Denarc) e Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e Departamento de Polícia do Interior (DPI).

Foram repassadas à Susepe 16 carabinas, calibre 5.56, e 8 mil munições calibre 5.56. O investimento é de R$ 122 mil, oriundo de repasse do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen). O material será utilizado pela Divisão de Segurança e Escolta (DSE), pelo Grupo de Ações Especiais (Gaes) e por servidores lotados na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc).

Gostou? Compartilhe