Mais de 20 mil maços de cigarros contrabandeados são apreendidos em Lagoa Vermelha

Por
· 1 min de leitura
Carga ocupava toda a caçamba e também o interior do veículoCarga ocupava toda a caçamba e também o interior do veículo
Carga ocupava toda a caçamba e também o interior do veículo
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem que transportava cerca de 20 mil maços de cigarros contrabandeados no Paraguai em uma caminhonete roubada, na noite de terça-feira (5), na BR 470, em Lagoa Vermelha. O veículo, uma caminhonete Hilux estava com placas adulteradas de Nova Veneza/SC, mas era original de Passo Fundo. Além do motorista, outras duas pessoas que seguiam em um veículo Astra, também foram presas por informarem a presença da polícia na pista. Um deles é policial militar.

 

Com base em informações do serviço de inteligência da PRF, os agentes montaram uma operação na BR 470 e localizaram um veículo suspeito de crime transfronteiriço: uma caminhonete Hilux com placas de Nova Veneza/SC.

 

O veículo foi abordado, mas o motorista tentou fugir. Ele só parou em um bloqueio, realizado na rodovia com as viaturas, impedindo sua fuga. O motorista tem 50 anos e é natural de Palmitinho/RS.

 

A caminhonete estava carregada com cigarro contrabandeado. A carga ocupava toda a caçamba e também o interior do veículo, até o teto. O valor estimado da carga é de aproximadamente R$ 100. Além disso, a Hilux era clonada, emplacada originalmente em Passo Fundo/RS, e havia sido roubada em setembro deste ano.

 

Logo depois da abordagem da Hilux, foi abordado também um Astra com placas de Santa Terezinha do Itaipu/PR. No automóvel estavam dois homens: o motorista, de 39 anos, e o passageiro, de 33 anos, ambos paranaenses.

 

O condutor do carro, um policial militar do Paraná, portava uma pistola calibre 9 milímetros de origem norte-americana, sem registro. Os dois viajavam junto com a carga para avisar a presença da polícia ao longo do trajeto.

 

Os três foram presos e encaminhados para registro da ocorrência na Polícia Federal em Passo Fundo, onde foram autuados em flagrante por contrabando e receptação, sendo que o policial militar que conduzia o Astra foi enquadrado também por porte ilegal de arma de fogo.

Gostou? Compartilhe