Quatro morrem em rodovias federais gaúchas durante feriado de Ano Novo

Foi o menor número de óbitos no final de ano registrado pela PRF

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou na meia noite de quarta-feira, 1º, a Operação Ano Novo, com quatro mortes registradas nas rodovias federais gaúchas.  Considerando o período de Natal e Ano Novo, o Rio Grande do Sul teve 41,6% menos acidentes com mortes que 2018, o menor índice já registrado no período, segundo a PRF.

 

Entre Natal e Ano Novo sete pessoas morreram no estado devido a acidentes nas rodovias. No ano passado foram 12 casos. Além disso, entre sexta-feira e quarta-feira,  a PRF registrou 2.581 infrações de trânsito, sendo 342 por ultrapassagem indevida e 136 por embriaguez nas rodovias e estradas federais do RS.

 

Ações

 

As ações da PRF durante a Operação contaram com reforço no número de agentes e foco no combate à criminalidade e às infrações que geram maior risco de acidentes.

 

No período entre 27 de dezembro e o primeiro dia do ano houve um grande aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais gaúchas. As fiscalizações e esforços foram concentrados em atividades preventivas para redução da violência no trânsito em horários e locais com maiores fluxos no trânsito e que, estatisticamente, ocorrem acidentes graves. Foram realizadas também intervenções em rodoviárias e ônibus buscando conscientizar os passageiros quanto à importância do uso do cinto de segurança.

 

A PRF manterá o reforço de policiamento nos trechos considerados críticos para acidentes durante a temporada de verão, buscando reduzir o número de acidentes graves e garantir a segurança dos veranistas.

 

Brasil

Os índices gaúchos seguiram os nacionais, que tiveram queda de acidentes em relação ao mesmo período de 2018. Segundo a PRF foram registrados 863 acidentes, que resultaram em 70 mortes. Cerca de 139,5 mil pessoas e 134 mil veículos foram fiscalizados. Já na Operação Natal, realizada entre os dias 21 e 25 de dezembro, a PRF atendeu 1.134 acidentes, nos quais 97 pessoas perderam a vida.

 

Em 2018, durante o Ano Novo, foram 914 acidentes e 75 óbitos. Quanto às infrações, alcoolemia se manteve na mesma média desse ano; 1.342 pessoas foram autuadas após beber e assumir em voltante no feriadão de 2018. Foram flagradas 5.349 pessoas sem o cinto de segurança e 1.078 sem o capacete. Os registros de ultrapassagem indevidas somaram 7.370 flagrantes. Já outros 187 motoristas faziam uso do celular no momento da abordagem PRF.

Gostou? Compartilhe