PRF prende um traficante com skunk em Ijuí

A droga, também conhecida como supermaconha, tem alta concentração e valor de mercado

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/PRFDivulgação/PRF
Divulgação/PRF
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, na BR 285 em Ijuí, um criminoso e apreendeu skunk que era transportado num carro.

Durante ação de combate ao crime, Policiais Rodoviários Federais abordaram um Prisma, com placas de Belo Horizonte, conduzido por um homem de 38 anos, de Bagé, que se apresentou como motorista de aplicativo.

O indivíduo disse aos policiais que havia feito uma corrida para a região e estaria retornando a Santa Maria. Após busca veicular, os PRFs localizaram 5 kg de skunk no interior do carro, dentro de um saco de lixo.

O traficante foi preso em flagrante e encaminhado à polícia judiciária local, com o veículo e a droga apreendidos.

Segundo a PRF Daiane Huffell, graduada em química e instrutora de EDA – Enfrentamento ao Tráfico de Drogas e Armas, o skunk é uma droga alucinógena, que tem como princípio ativo o THC, o mesmo da maconha. Ele é obtido a partir do cruzamento genético entre duas espécies diferentes da planta Cannabis Sativa. O skunk tem um alto valor de mercado por ser de sete a dez vezes mais forte que a maconha.

Gostou? Compartilhe