Colheita de trigo deve iniciar em 20 dias na região norte

Expectativa da safra, com uma alta qualidade do grão, gira em torno de 3,3 mil quilos por hectares

Por
· 1 min de leitura
Passo Fundo produz 5% da cultura de todo o estadoPasso Fundo produz 5% da cultura de todo o estado
Passo Fundo produz 5% da cultura de todo o estado
Você prefere ouvir essa matéria?

Algumas regiões do estado, especialmente a noroeste, já iniciaram a colheita do trigo. Na região norte, onde está localizado o município de Passo Fundo, a previsão é de que a colheita iniciará nos próximos 20 dias, como informa o gerente regional da Emater, Oriberto Adami. “90% da safra de trigo está na fase de enchimento de grão, já iniciando em algumas regiões a maturação fisiológica, que marca o início da colheita”, explica.

 

Segundo o gerente, até o momento o trigo apresenta bom potencial produtivo e desenvolvimento. “A boa qualidade do grão, traz a perspectiva de atingir a produtividade esperada inicialmente”. A expectativa de colheita na região norte gira em torno de 3 mil e 300 quilos por hectares, com a ressalva de que as áreas com mais aparatos tecnológicos, podem colher acima da média esperada.

 

Ainda, o gerente adverte que a boa qualidade do grão é fator importante para a definição do preço do produto. “Essa safra de trigo está normal, com nada acima do esperado, temos a expectativa do clima continuar sem excesso de chuva nos próximos dias 20, 30 dias, o que vai contribuir para a boa qualidade do grão”.

 

Neste ano o volume de chuvas foi menor que o normal, o que é positivo para o trigo, pois reduz a pressão de doenças, principalmente na época da floração. “Tivemos um ano com um clima muito favorável, podemos colher uma das melhores safras em termos de qualidade nos últimos dez anos, tanto pela evolução genética do grão - variedade aliado com melhor qualidade”, salienta o Engenheiro Agrônomo da Biotrigo, Tiago De Pauli.

 

Chefe-geral da Embrapa Trigo, Osvaldo Viera diz estar entusiasmado com a colheita, pois o grão de trigo colhido na região noroeste, especialmente vindo de São Luiz Gonzaga, apresenta alta qualidade. “O grão tende a apresentar boa qualidade e produção. A região de Passo Fundo está um pouco mais atrasada com a colheita, mas com a perspectiva do clima nessas condições, o temor da doença de giberela não deve causar preocupação aos produtores”.

 

Osvaldo lamenta que a região norte detenha, apenas 13% da produção de todo o estado, dado seu potencial para a produção de trigo. “Passo Fundo produz 5% de trigo de todo o estado, estamos em um momento em que as áreas de plantio vêm caindo, como uma montanha-russa, infelizmente. Sabemos que o trigo é considerado uma cultura de risco, por isso precisa de acompanhamento do produtor, que suje suas botas no campo em busca de pragas na lavoura”.

Gostou? Compartilhe