O cenário futuro da erva-mate será discutido em Passo Fundo

Evento terá representantes de cinco polos ervateiros

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

Com os objetivos de interpretar e debater o cenário do mate para os próximos anos e selecionar ações estratégicas conjuntas para a cadeia produtiva da erva-mate, acontece no dia 09 de janeiro a reunião de trabalho com o tema "O mate na terceira década do século XXI". A atividade, que será realizada a partir das 8h45, na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Passo Fundo, está sendo organizada pela Emater/RS-Ascar, conveniada com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Câmara Setorial Estadual da Erva-mate, Programa Gaúcho para a Qualidade e Valorização da Erva-mate, Sindicato da Indústria do Mate do Estado do Rio Grande do Sul (Sindimate/RS) e Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate).
De acordo com o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Ilvandro Barreto de Melo, o acelerado ritmo das mudanças, aliado às perspectivas de valorização, de reconhecimento e de visibilidade da erva-mate, justificam esse momento de avaliação das perspectivas atuais e futuras do mate.
Participam desta reunião, representantes dos cinco polos ervateiros do Estado, Planalto/Missões, Alto Uruguai, Nordeste, Alto Taquari e Vale do Taquari. Além de discussões, trabalhos em grupos e debates, o dia contará com uma visita ao Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF), que conta com a exposição 'Os ervais dos povos indígenas (das aldeias nativas às Missões)'.

Gostou? Compartilhe