São Lucas, o patrono

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O motivo que leva o dia 18 de outubro a celebrar o Dia do Médico tem relação direta com a igreja. Diz a tradição que este foi consagrado pela igreja a São Lucas, que foi um dos quatro evangelistas do Novo Testamento. Como não conviveu com Jesus, a narrativa de Lucas é baseada em depoimentos de pessoas que testemunharam a vida e a morte de Jesus. Além do Eangelho, é autor do Ato dos Apóstolos, que complementa o evangelho.

Conforme conta a história, São Lucas era médico e teria estudado medicina em Antióquia. Não há dados precisos sobre a vida de São Lucas. Há incerteza, igualmente, sobre as circunstâncias de sua morte, segundo alguns teria sido martirizado, vítima da perseguição dos romanos ao cristianismo.

Não há provas documentais, porém há provas indiretas de sua condição de médico. A principal delas foi legada por São Paulo, na epístola aos colossenses, quando se refere a "Lucas, o amado médico". Foi grande amigo de São Paulo e, juntos, difundiram os ensinamentos de Jesus entre os gentios.

Outra prova indireta da sua condição de médico consiste na terminologia empregada por Lucas em seus escritos. Em certas passagens, utiliza palavras que indicam sua familiaridade com a linguagem médica de seu tempo. Este fato tem sido objeto de estudos críticos comparativos entre os textos evangélicos de Mateus, Marcos e Lucas, e é apontado como relevante na comprovação de que Lucas era realmente médico.

A vida de São Lucas, como evangelista e como médico, foi tema de um romance histórico muito difundido, intitulado "Médico de homens e de almas", de autoria da escritora Taylor Caldwell. Embora se trate de uma obra de ficção, a obra tem contribuído para a consagração da personalidade e da obra de São Lucas.

A escolha de São Lucas como patrono dos médicos e do dia 18 de outubro como Dia do Médico é comum a muitos países, dentre os quais Portugal, França, Espanha, Itália, Bélgica, Polônia, Inglaterra, Argentina, Canadá e Estados Unidos. No Brasil acha-se definitivamente consagrado o dia 18 de outubro como Dia do Médico.

(Fonte: Canção Nova)

Gostou? Compartilhe