Doses terminam e vacinação de idosos em Passo Fundo é suspensa

Profissionais de saúde, em atividade, com idades entre 60 e 64 anos ainda podem se vacinar

Por
· 1 min de leitura
O município iniciou a vacinação dos idosos no dia 9 de fevereiro (Foto: Divulgaçã0/PMPF)O município iniciou a vacinação dos idosos no dia 9 de fevereiro (Foto: Divulgaçã0/PMPF)
O município iniciou a vacinação dos idosos no dia 9 de fevereiro (Foto: Divulgaçã0/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

A vacinação de idosos em Passo Fundo será interrompida nesta tarde (17). O motivo é o fim das doses destinadas a esse público. O cronograma municipal destinava esta quarta e quinta-feira (18) para a vacinação de pessoas com idades entre 80 a 84 anos. No entanto, foi registrado movimento intenso e a vacinação precisou ser suspensa ainda hoje. Por volta das 14h, só restavam 40 vacinas.

Na última remessa, foram disponibilizadas a essa população 2.170 doses. A expectativa é que um novo lote seja encaminhado pelo Estado na terça-feira (24). Assim, as pessoas de 80 a 84 anos que ainda não foram vacinadas poderão receber a vacina a partir da próxima quarta-feira (25), de acordo com a secretária de Saúde, Cristine Pilati. “A estimativa era vacinar 43% dessa faixa etária na última remessa. Recebendo um novo lote, continuaremos, então, a vacinação de idosos com mais de 80 anos”, salienta.

Profissionais de saúde ainda podem ser vacinados

O Governo do Estado, encaminhou a Passo Fundo 3.500 doses da vacina Coronavac na última remessa. Desse total, foram separadas 1.330 doses para os profissionais que atuam na área da saúde. Apesar da previsão de término das unidades disponibilizadas à população idosa, os profissionais da saúde continuarão sendo vacinados, já que eles ainda contam com vacinas.

A orientação é que os profissionais, em atividade, de 60 a 64 anos se dirijam até o CTG Lalau Miranda. A unidade possui o maior número de doses e reforços na equipe, além de dispor, preferencialmente, da modalidade drive thru. Para serem vacinados, os profissionais da saúde devem portar um documento de identificação com foto, comprovante de residência e registro atualizado no órgão de classe.

Gostou? Compartilhe