Vacinação contra Covid-19 com primeiras doses segue na quarta-feira (12)

O município também anunciou mudanças na aplicação de segundas doses

Por
· 2 min de leitura
O grupo de pessoas com comorbidades continua sendo vacinado (Foto: Divulgação/PMPF)O grupo de pessoas com comorbidades continua sendo vacinado (Foto: Divulgação/PMPF)
O grupo de pessoas com comorbidades continua sendo vacinado (Foto: Divulgação/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

A vacinação contra Covid-19 com primeiras doses continua amanhã (12) em Passo Fundo. Poderão receber a primeira dose da vacina da Oxford/AstraZeneca pessoas com comorbidades de 18 a 59 anos, pessoas com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC), puérperas e pessoas com 60 anos ou mais que ainda não foram vacinadas.

Devido à orientação para a suspensão da aplicação da AstraZeneca em gestantes, emitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (11) e seguindo informe técnico do Governo do Estado, o Município interrompeu a vacinação das mulheres grávidas. “Aguardaremos a decisão final do Ministério da Saúde atendendo às determinações estaduais”, pondera a secretária municipal de Saúde, Cristine Pilati.

Nesta quarta-feira, a vacinação será realizada somente nas oito unidades de saúde: Ambulatório de Especialidades, Cais Hípica e Cais Vila Luíza, das 8h às 16h30; ESF Graeff, ESF Zachia, ESF Donária/Santa Marta, ESF Vila Nova e ESF São José, das 8h às 12h e das 13h às 16h30. Pessoas com comorbidades precisarão apresentar, além de documento de identificação com foto, CPF ou cartão SUS e comprovante de residência, atestado médico ou receitas atualizadas de medicações de uso contínuo.

Mudanças na aplicação de segundas doses

O quantitativo de doses da CoronaVac recebidas pelo município tem sido insuficiente para atender à demanda das pessoas que estão com a segunda dose atrasada. Hoje, em Passo Fundo, mais de 4 mil pessoas aguardam para concluir o esquema.

Por isso, a partir da próxima remessa as segundas doses serão aplicadas seguindo a data de aprazamento (prazo), o ano e o mês de nascimento. “Além de tornar o processo mais simples, a modificação possibilitará que quem está com mais atraso e possui mais idade seja vacinado antes”, explica a secretária de Saúde, Cristine Pilati.

Nesta terça-feira (11), mais de 500 pessoas receberam a segunda dose da vacina Coronavac no CTG Lalau Miranda. Devido à formação de fila ainda durante a noite de segunda-feira (10), após o anúncio da vacinação, a Prefeitura organizou o fluxo e distribuiu senhas. Quem recebeu a senha pôde voltar para casa e retornar ao CTG na manhã de hoje para ser vacinado.

O prefeito, Pedro Almeida, afirma que a decisão foi tomada durante uma reunião emergencial. “Recebemos apenas cerca de 500 doses de Coronavac para a segunda aplicação e sabemos que a necessidade é muito superior a isso. Não podíamos deixar que as pessoas passassem a noite inteira no frio e na chuva. Por isso, acabamos antecipando a distribuição de senhas”, justifica.

O atraso na aplicação das segundas doses da Coronavac é registrado em todo o país. O Instituto Butantan liberou mais um novo lote com 2 milhões de doses da vacina ao Ministério da Saúde. A expectativa é que cerca de mil doses sejam recebidas pelo município até o fim de semana, possibilitando a retomada da aplicação de segundas doses.


Gostou? Compartilhe