Passo Fundo anuncia vacinação para pessoas a partir de 32 anos e adolescentes com comorbidades

Gestantes e puérperas também podem ser vacinadas

Por
· 4 min de leitura
A vacinação ocorre no CTG Lalau Miranda (Foto: Divulgação/PMPF)A vacinação ocorre no CTG Lalau Miranda (Foto: Divulgação/PMPF)
A vacinação ocorre no CTG Lalau Miranda (Foto: Divulgação/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Com o recebimento de novas doses, Passo Fundo dará sequência à vacinação contra a COVID-19. A vacinação com primeiras doses ocorre no CTG Lalau Miranda a partir de amanhã (22), sendo que as datas são divididas por faixa etária. A vacinação com segundas doses da AstraZeneca segue durante a semana nas unidades de saúde e será ampliada no sábado (24) no CTG.

Amanhã (22) aplicação de primeiras doses é para pessoas com 33 anos ou mais, gestantes e puérperas. A vacinação ocorrerá no CTG Lalau Miranda no turno da tarde, das 14h às 19h. Também serão vacinados acadêmicos de Assistência Social, Biomedicina, Nutrição e Biologia que realizam atividades práticas presenciais .

Na sexta-feira (23), será a vez de pessoas com 32 anos ou mais, gestantes e puérperas, também no CTG Lalau Miranda, das 14h às 19h. É necessário levar documento de identificação com foto, CPF ou cartão SUS e comprovante de residência. Gestantes devem portar, ainda, carteirinha de acompanhamento da gestação e as puérperas a certidão de nascimento da criança.


Adolescentes

No sábado (24), o Município iniciará a vacinação de crianças e adolescentes com comorbidades graves, utilizando as doses da vacina Pfizer. No sábado, serão vacinados, das 8h às 13h, no CTG Lalau Miranda, adolescentes de 17, 16 e 15 anos. Na segunda-feira (26), dependendo da disponibilidade de doses, a vacinação acontecerá para adolescentes de 14, 13 e 12 anos, também no CTG Lalau Miranda, das 8h às 13h. Será necessário apresentar declarações, exames ou receitas que comprovem as comorbidades.

Para a faixa etária de 12 a 17 anos está indicada apenas a utilização da vacina produzida pelo laboratório Pfizer/BioNTech(Comirnaty®), com prazo de até 12 semanas entre a primeira e a segunda dose. O uso da vacina da Pfizer contra a covid-19 para adolescentes de 12 anos a 15 anos foi autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O imunizante já estava autorizado para pessoas com 16 anos ou mais. Com a decisão, a bula da vacina passará a indicar a nova faixa etária, a partir de 12 anos. Segundo a agência, a medida foi aprovada depois que a Pfizer apresentou estudos que indicaram a segurança e eficácia da vacina para este público.


Cronograma

Quinta-feira (22/07)

  • Público-alvo: Pessoas com 33 anos ou mais, gestantes e puérperas
  • Local: CTG Lalau Miranda
  • Horário: Das 14h às 19h
  • Vacinação de acadêmicos

Os estudantes de cursos da área de saúde que realizam atividades práticas presenciais estão sendo chamados conforme cronograma e recebimento de primeiras doses. As informações são enviadas diretamente aos reitores e coordenadores dos cursos. Nesta quinta-feira (22), também no Lalau Miranda (das 14h às 19h), serão vacinados acadêmicos de Assistência Social, Biomedicina, Nutrição e Biologia. Para efetivar a vacinação, será necessária a apresentação de declaração de matrícula no curso e atestado, no modelo padrão, de que o aluno está em atividade prática presencial, atendendo pacientes em hospitais, ambulatórios ou laboratório clínicos.


Sexta-feira (23/07)

  • Público-alvo: Pessoas com 32 anos ou mais, gestantes e puérperas
  • Local: CTG Lalau Miranda
  • Horário: Das 14h às 19h


Sábado (24/07)

Primeiras doses

  • Público-alvo: Adolescentes de 17, 16 e 15 anos com comorbidades graves
  • Local: CTG Lalau Miranda
  • Horário: Das 8h às 13h

Segundas doses da AstraZeneca

  • Público-alvo: Pessoas com prazo até 9 de agosto para completar o esquema vacinal
  • Local: CTG Lalau Miranda
  • Horário: Das 8h às 13h


Segunda-feira (26/07)

Primeiras doses

  • Público-alvo: Adolescentes de 14, 13 e 12 anos com comorbidades graves
  • Obs.: A vacinação ocorrerá até o término das doses destinadas a esse grupo prioritário
  • Local: CTG Lalau Miranda
  • Horário: Das 8h às 13h


SEGUNDAS DOSES

A segunda dose de AstraZeneca para quem tem prazo na carteirinha até 2 de agosto pode ser aplicada nesta quinta-feira (22) e na sexta-feira (23) em uma destas unidades de saúde:

  • Cais Hípica, Cais Vila Luíza e Ambulatório de Especialidades, das 8h às 16h
  • ESF Nenê Graeff, ESF Zachia, ESF São José, ESF Donária/Santa Marta e ESF Vila Nova, das 9h às 11h30min e das 13h às 15h


Comorbidades para vacinação de adolescentes

Obesidade

Acima do percentil 97 ou escore Z acima de 2 desvios – através das avaliações e curvas de crescimento. Avaliada no gráfico de estatura e peso – do respectivo sexo e faixa etária.

Documentação necessária: Atestado Médico/Declaração profissional da saúde (técnico de enfermagem, médico, enfermeiro ou nutricionista) – peso e altura colocado na Curva de IMC.

Pneumopatias Crônicas Graves

Asma - Medicamentos em uso: broncodilatador de longa ação (formoterol/salmenterol) + corticoide inalatório OU Uso de corticoide sistêmico (oral) contínuo OU História prévia de internação hospitalar /UTI (após os dois anos de idade) OU Displasia Broncopulmonar.

Documentação necessária: Exame de espirometria e/ou receita de corticoide de uso contínuo ou broncodilatador de longa duração de até 3 meses antecedência OU Alta hospitalar OU Atestado Médico* com descrição clínica e justificativa para priorização na vacinação.

Outros Imunodeprimidos

Doença Congênita/Rara/Genética/Autoimune Neoplasias ou outras condições que prejudiquem a resposta imunológicas no momento atual (em tratamento) Cardiopatias congênitas com consequências sistêmicas. Doenças reumatológicas com uso de medicamentos imunossupressores Pessoa vivendo com HIV Neoplasias ou doenças hematológicas em tratamentos ou que justifiquem imunossupressão

Documentação necessária: Atestado Médico* ou exame comprobatório da doença

Hemoglobinopatia grave

Doença Falciforme ou Talassemia Maior

Documentação necessária: Atestado médico OU hemograma e eletroforese de hemoglobina

Doença cardiovascular

Cardiopatias nas quais o quadro clínico cause comprometimento sistêmico.

Documentação necessária: Atestado médico e/ou exame de imagem ou outros exames comprobatórios

Doença neurológica crônica

Doença neurológica com comprometimento de deglutição ou situação que aumente risco de doença pulmonar ou doença cardiovascular. Acidente Vascular Encefálico Mielite Transversa Paralisia cerebral com descrição de limitações

Documentação necessária: Atestado médico com descrição clínica e comprometimentos

Diabete Mellitus

Diabete Mellitus (Tipo1) Crianças com condição insulino-dependente

Documentação necessária: Receita de insulina e/ou dosagem de hemoglobina glicada alterada

Informações

Mais informações sobre a vacinação, como a documentação necessária para cada grupo, podem ser obtidas pelo telefone (54) 3046-0097.

Gostou? Compartilhe