Município prevê conclusão da vacinação de pessoas com mais de 18 anos até o fim do mês

Passo Fundo deve receber mais 5,5 mil doses nesta quinta-feira (17)

Por
· 2 min de leitura
O município tem 80% da população vacinável acima de 18 anos já vacinada (Foto: Arquivo/Divulgação PMPF)O município tem 80% da população vacinável acima de 18 anos já vacinada (Foto: Arquivo/Divulgação PMPF)
O município tem 80% da população vacinável acima de 18 anos já vacinada (Foto: Arquivo/Divulgação PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Na quarta-feira (11), o governo estadual antecipou a previsão do término da vacinação contra a Covid-19 dos maiores de 18 anos para 25 de agosto. Hoje (17), Passo Fundo confirmou que deve vacinar toda essa população com primeira dose até o fim do mês.

O anúncio ocorre após acordo da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) desta segunda-feira (16), que definiu uma modificação na forma de distribuição das doses. Com a decisão, os municípios passarão a receber quantitativos de vacina de acordo com o número faltante para que concluam a cobertura. Passo Fundo tem 80% da população vacinável acima de 18 anos já vacinada.

Desta forma, Passo Fundo deve receber mais 5,5 mil doses nesta quinta-feira (19). O município não aplica primeiras doses por não haver vacinas disponíveis há dois dias, desde a suspensão na segunda-feira (16), enquanto vacinava pessoas com 24 anos ou mais.

Para a secretária de Saúde, Cristine Pilati, a mudança no cálculo de doses que irão para cada município otimizará as aplicações. “Conforme o governo estadual, houve distribuição de 81% das doses necessárias para a cobertura da população vacinável acima de 18 anos no estado. Mas a cobertura dos municípios varia de 69% a 100%. Há municípios que já conseguiram finalizar a vacinação e outros que precisam de doses para que isso aconteça”, avaliou.

Na mudança que pautou a determinação do quantitativo que chegará aos municípios na próxima remessa, foram considerados diversos fatores. Entre eles, a identificação de quantas doses faltam para o término em cada município, a diferença entre a população estimada e o número de doses já aplicadas, com a subtração do número de doses utilizadas em não residentes, a aplicação e o registro de 90% ou mais das doses recebidas e o número de doses aplicadas em grupos etários que tiveram mais de 100% de cobertura, uma vez que as estimativas de população são baseadas em outras campanhas de vacinação realizadas anteriormente e podem não corresponder ao cenário atual.

Além disso, foi ponderado o percentual de pessoas de 18 a 29 anos que foram vacinadas. A secretária explica que essa taxa não deve ultrapassar 50%. “Há municípios que avançaram porque tinham quantitativos de doses e vacinaram rápido demais porque não atingiram cobertura vacinal de, no mínimo, 70%, o que não é ideal e não é nosso caso de Passo Fundo”, avaliou.

Após as remessas que chegarão nesta quinta-feira, cada município terá de calcular as doses faltantes para a conclusão da cobertura da população vacinável e solicitar o número de doses.

Vacinação de adolescentes

Sobre a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades, Cristine explicou que ela ainda não foi incluída no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19 (PNO). “Na população vacinável, são consideradas as com mais de 18 anos. Os adolescentes que foram incluídos são os com as comorbidades relacionadas pelo Ministério da Saúde”, apontou.

Segundas doses

Sobre o intervalo das vacinas Pfizer e AstraZeneca, a secretária explicou que ele segue o mesmo, que é de três meses. “A redução será estudada pelo governo federal. Por enquanto, a orientação é mantermos os 90 dias”, mencionou.

Já com relação à terceira dose, Cristine justificou que “existe um estudo no Ministério da Saúde, mas sem confirmações de que ela será aplicada neste momento”.

Amanhã (18), a vacinação seguirá apenas com as segundas doses da AstraZeneca para quem tem o prazo de até 20 de agosto. Ele ocorre em oito unidades de saúde: Cais Hípica, Cais Vila Luíza e Ambulatório de Especialidades, das 8h às 16h; e ESF Nenê Graeff, ESF Zachia, ESF São José, ESF Donária/Santa Marta e ESF Vila Nova, das 8h às 11h30 e das 13h às 15h.

Gostou? Compartilhe