Município deve começar a vacinar adolescentes sem comorbidades nos próximos dias

O Rio Grande do Sul anunciou hoje (21) que seguirá vacinando o público contra a Covid-19

Por
· 1 min de leitura
Decisão contraria recomendação polêmica do Ministério da Saúde (Foto: Breno Esaki/Secretaria de Saúde do Distrito Federal)Decisão contraria recomendação polêmica do Ministério da Saúde (Foto: Breno Esaki/Secretaria de Saúde do Distrito Federal)
Decisão contraria recomendação polêmica do Ministério da Saúde (Foto: Breno Esaki/Secretaria de Saúde do Distrito Federal)
Você prefere ouvir essa matéria?

O Rio Grande do Sul anunciou hoje (21) que seguirá vacinando adolescentes contra a Covid-19. Com a decisão, Passo Fundo deve começar a vacinar adolescentes sem comorbidades ainda nesta semana. Conforme a secretária de saúde, Cristine Pilati, até o final da tarde, o município ainda aguardava a definição do quantitativo de doses destinadas para esse público para divulgar o cronograma. 

“É um público com muito contato com pessoas mais idosas, circulam muito, tem tendência de se aglomerar, e tem a volta às aulas. Para o adolescente a doença não é grave, mas para quem está próximo sim”, explica a secretária sobre a importância da vacinação nesta faixa-etária.

"É importante destacar que só a Pfizer está autorizada para os adolescentes, e somente vacinas dessa marca estão sendo distribuídas para esse público", alerta a secretária da Saúde, Arita Bergmann. Por parte do Cosems/RS, o presidente Maicon Lemos reforçou o posicionamento conjunto dos municípios e Estado na defesa pelo avanço da vacinação dos adolescentes com a Pfizer. “Temos a validação da Anvisa que autoriza a imunização dessa população entre 12 e 17 anos, assim como observamos o cenário internacional onde o mesmo acontece”, considerou Maicon, que é secretário de saúde de Canoas.

Entrega

Mais de um milhão doses de Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac serão entregues pela SES amanhã (22) a todos municípios. Do total, 350 mil doses dessa remessa são para primeiras doses, incluindo cerca de 165 mil de Pfizer para cobrir a totalidade da faixa dos 17 anos e 58% da faixa dos 16 anos. Essas idades podem variar de cidade para cidade conforme o avanço da campanha e a disponibilidade de doses.

Gostou? Compartilhe