Bolsonaro é denunciado em tribunal internacional por crimes contra a humanidade

Representação assinada por juristas acusa o presidente de "incitar o genocídio de povos indígenas"

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O presidente Jair Bolsonaro foi denunciado no Tribunal Penal Internacional por "crimes contra a humanidade" ao "incentivar o genocídio de povos indígenas" no Brasil.

A representação, entregue pelo Coletivo Brasileiro de Defesa dos Direitos Humanos (CADHu) e a Comissão de Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns (Comissão Arns) na noite de quarta-feira (27), solicita uma investigação preliminar dos "ataques sistemáticos" de Bolsonaro aos povos originários brasileiros, conforme informou o jornal inglês The Guardian. 

Na elaboração do documento, os juristas e ativistas pelos direitos humanos analisaram 33 comentários e decisões presidenciais, incluindo a demissão de 21 dos 27 superintendentes do Ibama com o objetivo, segundo o texto, de enfraquecer a Funai, para embasar a denúncia formalizada através de uma nota informativa.

Gostou? Compartilhe