OPINIÃO

Fatos 24/10/2012

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Definições
A estratégia do prefeito eleito Luciano Azevedo, em definir o primeiro escalão do governo em um mês tem os seus motivos: primeiro, demonstra a forma como pretende administrar dando agilidade a tudo; segundo, não quer criar desgastes ou especulações desnecessárias em torno de nomes; terceiro, dá a oportunidade para que os futuros titulares das pastas possam acompanhar de perto o processo de transição, tirando suas dúvidas e obtendo o máximo de informações possíveis.

Conselhão
Um dos primeiros projetos a ser encaminhado para a Câmara de Vereadores em 2013 será o que cria o Conselho Municipal de Desenvolvimento. A proposta está sendo formatada e pretende contemplar a participação de todas as entidades representativas. O conselho será um espaço para receber sugestões para problemas comuns da sociedade.  Questões como trânsito, saúde, educação serão debatidas pelo conselho e as propostas encaminhadas ao Executivo.

Feliz
O presidente da Acisa, Marcos Silva, foi categórico na reunião-almoço de segunda-feira com o prefeito eleito, sobre as escolhas dos primeiros nomes do secretariado: “As escolhas feitas até o momento foram muito felizes. Esperamos que o critério técnico seja seguido até o final”, disse.
 
Candidato I
Não se esperava outra decisão: Rafael Bortoluzzi é o nome forte do PP local para a Assembleia Legislativa, em 2014. Tem o apoio da senadora Ana Amélia Lemos e terá, possivelmente, o apoio político do ex-prefeito Osvaldo Gomes, a quem foi fiel durante todo o processo eleitoral.

Candidato II
O PP de Marau também já tem candidato a deputado estadual. Trata-se de Sérgio Turra, filho mais novo do ex-deputado Francisco Turra, que hoje comanda a União Brasileira de Avicultura.

Gostou? Compartilhe